2013
DOI: 10.1590/s1517-45222013000100010
|View full text |Cite
|
Sign up to set email alerts
|

A ciência como cultura do mundo contemporâneo: a utopia dos saberes das (bio)ciências e a construção midiática do imaginário social

Abstract: O artigo trata essencialmente do papel das biociências, visto como uma cultura específica, no imaginário social contemporâneo, no que concerne à vida, à saúde e ao viver humano em todas as suas fases. Os meios de comunicação, sobretudo através da imprensa de divulgação de massa - sendo privilegiada no artigo a imprensa escrita - difundem para o conjunto da sociedade modos de pensar e agir derivadas das atividades científicas, em andamento ou finalizadas, na área das biociências, que compõem um campo disciplina… Show more

Help me understand this report

Search citation statements

Order By: Relevance

Paper Sections

Select...
2
1

Citation Types

0
3
0
10

Year Published

2013
2013
2018
2018

Publication Types

Select...
4
1
1

Relationship

1
5

Authors

Journals

citations
Cited by 11 publications
(13 citation statements)
references
References 3 publications
(5 reference statements)
0
3
0
10
Order By: Relevance
“…We denominated as life and health rhetoric the set of meanings of imagistic messages concerning the normalization of life and living, to the body and its biological maintenance, considering the cluster picture / word as a whole rhetorical imagetic, that is, in symbolic symbiosis. We understand that this process is worthy of a specific methodological approach, for not even the usual discursive content analysis, or classical semiotics, respond to the issues raised by the project 3,6 .…”
Section: Conceptual Orientation and Analysis Of Field Workmentioning
confidence: 99%
See 2 more Smart Citations
“…We denominated as life and health rhetoric the set of meanings of imagistic messages concerning the normalization of life and living, to the body and its biological maintenance, considering the cluster picture / word as a whole rhetorical imagetic, that is, in symbolic symbiosis. We understand that this process is worthy of a specific methodological approach, for not even the usual discursive content analysis, or classical semiotics, respond to the issues raised by the project 3,6 .…”
Section: Conceptual Orientation and Analysis Of Field Workmentioning
confidence: 99%
“…In this manner, the social imaginary in cultures is constitued 6 , which leads us to the socioanthropological approach of meanings and social discourses, its origin and the roles they fulfill in every culture. It also refers us to the ways in which they are socially widespread, placing us at the interface of the fields of Social Communication, Communication Sociology and Collective Health 2 .…”
Section: Conceptual Orientation and Analysis Of Field Workmentioning
confidence: 99%
See 1 more Smart Citation
“…Ciência e sociabilidade de saúde e vida na cultura midiática INTRODUÇÃO O papel dominante da mídia, não apenas na informação coletiva, mas na comunicação entre as pessoas na cultura atual, é reconhecidamente um acontecimento social complexo (MEDRADO, 2000;CHAMPAGNE, 1998;LUZ, 1986;LUZ;SABINO;MATTOS, 2013;COSTA, 2001). Sua função de construção social é amplamente discutida pelas Ciências Sociais e a Comunicação Social há mais de meio século, se tomarmos como marco David Riesman e sua "Multidão Solitária" (1971), 3 bem como Niklas Luhmann (1995), que pontuou a comunicação como importante dispositivo de poder.…”
unclassified
“…Ao menos tempo, do ponto de vista da produção do simbólico e imaginário no campo da saúde, autores vêm discutindo o papel crescente, na comunicação e na cultura, de produção e reprodução de valores, ideologias e concepções sobre os processos saúde-doença que se dão por meio da divulgação cotidiana dos saberes racionalizados, científicos, portanto, travestidos de uma suposta "neutralidade". (Luz et al, 2013;Luz et al, 2017).…”
Section: Parte I: Marcos Teórico-metodológicos Do Estudounclassified