volume 35, issue 6, P1155-1164 2011
DOI: 10.1590/s0100-67622011000700001
View full text
|
|
Share

Abstract: Neste trabalho foram avaliadas as respostas morfofisiológicas de plantas de açacu (Hura crepitans) sob a anoxia do solo com diferentes idades (90 e 120 dias) e períodos de inundação (0, 10, 20 e 30 dias). O estudo identificou que as plantas desenvolveram mecanismos adaptativos (estruturas morfológicas como lenticelas hipertróficas e raízes adventícias) e apresentaram comportamento fisiológico que lhes propiciaram tolerância à anoxia. As respostas das plantas ao excesso de água no solo incluíram inibição do cre…

Expand abstract