2012
DOI: 10.1590/s1413-81232012000500026
| View full text |Cite
|
Sign up to set email alerts
|

Abstract: A promoção do uso racional de antibióticos pode ser realizada de forma a conscientizar profissionais de saúde e usuários através de ações educativas. Objetivo: Relatar a experiência de construção de um instrumento de educação em saúde sobre o uso racional de antibióticos com escolares do ensino fundamental. Métodos: As atividades iniciaram-se pela definição dos objetivos, seleção da melhor estratégia e programação das atividades com as assistentes pedagógicas das escolas. Após definir a estratégia a ser adotad… Show more

Help me understand this report

Search citation statements

Order By: Relevance

Paper Sections

Select...
1
1
1
1

Citation Types

0
0
0
6

Year Published

2017
2017
2020
2020

Publication Types

Select...
5

Relationship

0
5

Authors

Journals

citations
Cited by 5 publications
(6 citation statements)
references
References 24 publications
0
0
0
6
Order By: Relevance
“…O hábito de se automedicar associado com as informações e a familiaridade com alguns fármacos, revela a inclinação do indivíduo à autoatenção em saúde, devido seu suposto conhecimento sobre os agravos à saúde, bem como para o tratamento dessas enfermidades. Em razão disso, torna-se indispensável a criação de políticas públicas e a adoção de estratégias educativas em saúde, considerando os aspectos socioculturais da população, assegurando aos indivíduos os esclarecimentos cabíveis quanto a duração adequada dos tratamentos com antibióticos, além de alertar quanto os prejuízos à saúde em razão do uso indiscriminado, abstendo-se de um problema de saúde pública 14,15 .…”
Section: Discussionunclassified
“…O hábito de se automedicar associado com as informações e a familiaridade com alguns fármacos, revela a inclinação do indivíduo à autoatenção em saúde, devido seu suposto conhecimento sobre os agravos à saúde, bem como para o tratamento dessas enfermidades. Em razão disso, torna-se indispensável a criação de políticas públicas e a adoção de estratégias educativas em saúde, considerando os aspectos socioculturais da população, assegurando aos indivíduos os esclarecimentos cabíveis quanto a duração adequada dos tratamentos com antibióticos, além de alertar quanto os prejuízos à saúde em razão do uso indiscriminado, abstendo-se de um problema de saúde pública 14,15 .…”
Section: Discussionunclassified
“…Complementando Dandolini et al (2012) Vitória da Conquista (BA), v.5, n.12, maio-agosto/ 2020ISSN 2526-2882 ❖❖ 183❖❖…”
Section: Com a Palavra O Professorunclassified
“…Diante destas considerações observa-se a importância do ensino sobre os antibióticos nas mais variadas disciplinas, pois o ensino multidisciplinar proporciona maior subsídio para aquisição do conhecimento. Assim a área acadêmica pode atuar de forma a implementar a educação em saúde sobre os mais diversos temas, dentre eles, o uso dos antibióticos(DANDOLINI et al, 2012). questão da resistência bacteriana é uma opção fundamental para tentar minimizar ou até mesmo combater seu crescimento.…”
unclassified
“…No entanto, a precária qualidade dos postos de saúde públicos, a dificuldade de atendimento e uma certa cultura da automedicação estimulam que as pessoas façam uso de medicamentos por conta própria (AQUINO, 2008;MORAES et al, 2016). Salientamos que o consumo indiscriminado de antibióticos também é preocupante no que tange a própria prescrição médica (DANDOLINI et al 2012). De acordo com Nicolini et al (2008), pesquisas demonstram que mais da metade das prescrições de antimicrobianos se mostram impróprias, enquanto que mais de 60% desses são usados sem prescrição médica em muitos países.…”
Section: O Fim De Um Problema E O Início De Outrounclassified