volume 36, issue 2, P449-457 2016
DOI: 10.1590/1982-3703000992014
View full text
|
|
Share

Abstract: Resumo A exposição a um fenômeno de urgência/emergência pode ser um fator estressor e traumático para pacientes, familiares e profissionais envolvidos. A atuação do psicólogo nessas situações vem sendo delineada por intervenções que facilitem a reabilitação do indivíduo, procurando exercer influência no funcionamento psicológico, facilitando as condições necessárias para que este funcionamento seja mais adaptativo, de acordo com a situação. Além disso, é importante que haja intervenções com os profissionais de…

Expand abstract