2002
DOI: 10.1590/s0101-546x2002000200006
|View full text |Cite
|
Sign up to set email alerts
|

Religiões afro-brasileiras do Rio Grande do Sul: passado e presente

Abstract: ResumoO tex to di vi de-se em duas par tes. A pri me i ra apre sen ta da dos sobre o pe río do es cra vo cra ta no Rio Gran de do Sul, a es tru tu ra ção das re ligiões afro-brasileiras (Ba tu que, Umban da e Li nha Cru za da) nes te es ta do e o his tó ri co e con tro ver ti do pa pel de sem pe nha do no Rio Gran de do Sul por um prín ci pe afri ca no que aqui vi veu do fi nal do sé cu lo XIX até 1935. A se gun da par te ana li sa três as pec tos par ti cu lar men te im por tan tes na atu a li da de des sas r… Show more

Help me understand this report

Search citation statements

Order By: Relevance

Paper Sections

Select...
1
1
1
1

Citation Types

0
2
0
24

Year Published

2012
2012
2023
2023

Publication Types

Select...
8
1
1

Relationship

0
10

Authors

Journals

citations
Cited by 25 publications
(29 citation statements)
references
References 2 publications
0
2
0
24
Order By: Relevance
“…No que se refere ao campo afrorreligioso, de acordo com Oro (2005Oro ( , 2008, a expressão "religiões afro-brasileiras" cobre uma variedade de cultos organizados no Brasil e que podem ser condensados, segundo um modelo ideal-típico, em três diferentes expressões ritualísticas. A primeira delas cultua os orixás africanos (nagô) e privilegia os elementos mitológi-cos, simbólicos, linguísticos, doutrinários e ritualísticos das tradições banto e nagô.…”
Section: O Estado Brasileiro E As Religiosidades De Matriz Africana: unclassified
“…No que se refere ao campo afrorreligioso, de acordo com Oro (2005Oro ( , 2008, a expressão "religiões afro-brasileiras" cobre uma variedade de cultos organizados no Brasil e que podem ser condensados, segundo um modelo ideal-típico, em três diferentes expressões ritualísticas. A primeira delas cultua os orixás africanos (nagô) e privilegia os elementos mitológi-cos, simbólicos, linguísticos, doutrinários e ritualísticos das tradições banto e nagô.…”
Section: O Estado Brasileiro E As Religiosidades De Matriz Africana: unclassified
“…Atualmente, as religiões de matriz africana são professadas livremente perante a lei, ainda que certos grupos busquem ressignificar de formas múltiplas as históricas perseguições a este campo no intuito de modificar a norma legal no sentido de promover um retrocesso jurídico e social, como é o caso de certos projetos de lei que visam a proibição das imolações de animais em diferentes cidades brasileiras (Tadvald, 2007 (Oro, 2002). A maioria dos escravizados que aportaram na região, desde os períodos anteriores, era de origem banto, constituindo-se como o grupo predominante nesta onda de colonização forçada ao Estado.…”
Section: Notas Sobre As Religiões De Matriz Africana No Brasil E No Runclassified
“…Algumas pesquisas realizadas mais especificamente no Rio Grande do Sul têm verificado na competição interna, na descentralização de poder e na fragmentação do campo africanista os principais motivos dos insucessos eleitorais (cf. DE BEM;LEISTNER, 2010;ORO, 2001ORO, , 2008. Decerto, o fracasso eleitoral dos representantes dessas religiões se conectaria ainda àquelas lógicas inerentes a uma pertença individualizada e descentrada, fomentada pela visão de mundo afro-religiosa, a qual dificultaria ações coletivas e projetos políticos comuns.…”
Section: Religiões Afro-brasileirasunclassified