volume 8, issue 1, P38 2016
DOI: 10.20396/rfe.v8i1.8643691
View full text
|
|
Share

Abstract: Neste texto, repasso algumas questões do livro A guerra das imagens (1990), do historiador Serge Gruzinski, enfatizando o caráter contraprodutivo das visualidades indígenas em relação às imagens cristãs. Mas, principalmente, proponho que essa leitura seja considerada em um contexto particular de problemas, que diz respeito às narrativas do ensino da arte que trabalham a partir das premissas de uma virada pictorial (Mitchell); qual seja: o de um domínio da visão pelas imagens e de um déficit de historicidade da…

Expand abstract

Search citation statements

Order By: Relevance

Citation Types

0
0
0

Paper Sections

0
0
0
0
0

Publication Types

0
0
0
0

Relationship

0
0

Authors

Journals