2014
DOI: 10.1590/0047-2085000000043
|View full text |Cite
|
Sign up to set email alerts
|

Ocorrência de sintomas depressivos em médicos que trabalham no programa de saúde da família

Abstract: Objetivo Avaliar a ocorrência de depressão entre os médicos que trabalham nas Unidades de Saúde da Família (USF) em Aracaju. Métodos Em uma amostra de 83 médicos, foram utilizados o Inventário de Depressão de Beck (IDB) para rastreamento dos sintomas depressivos e um questionário elaborado pelos pesquisadores para coletar informações sociodemográficas. Foram realizadas estatística descritiva e análise por meio do qui-quadrado e regressão logística. Resultados A prevalência de sintomas depressivos na amo… Show more

Help me understand this report

Search citation statements

Order By: Relevance

Paper Sections

Select...
3
1
1

Citation Types

0
0
0
12

Year Published

2018
2018
2022
2022

Publication Types

Select...
5

Relationship

0
5

Authors

Journals

citations
Cited by 5 publications
(12 citation statements)
references
References 21 publications
0
0
0
12
Order By: Relevance
“…Os médicos lidam constantemente com o desconforto causado pelo impacto das emoções em sua profissão. Pesquisas mostram que esses profissionais apresentam sintomas de ansiedade 6 , altos níveis de estresse, quadros de burnout (esgotamento emocional) 41-43 e depressão 17,21 . O estresse profissional, que expõe a psicodinâmica envolvida na relação entre médico e paciente, amplificado pelo volume de atendimentos e pelas precárias condições de trabalho 20 , é um alerta para a vulnerabilidade emocional e para os efeitos psicológicos relevantes na saúde física e mental do médico.…”
Section: A Companhia De Investimento Mútuo: Frustração E Consequênciasunclassified
“…Os médicos lidam constantemente com o desconforto causado pelo impacto das emoções em sua profissão. Pesquisas mostram que esses profissionais apresentam sintomas de ansiedade 6 , altos níveis de estresse, quadros de burnout (esgotamento emocional) 41-43 e depressão 17,21 . O estresse profissional, que expõe a psicodinâmica envolvida na relação entre médico e paciente, amplificado pelo volume de atendimentos e pelas precárias condições de trabalho 20 , é um alerta para a vulnerabilidade emocional e para os efeitos psicológicos relevantes na saúde física e mental do médico.…”
Section: A Companhia De Investimento Mútuo: Frustração E Consequênciasunclassified
“…A coleta de dados foi realizada a partir de dois instrumentos. Um questionário foi utilizado para coletar informações sobre os aspectos da vida pessoal e profissional do médico, inspirado no modelo proposto por Aragão et al 8 As variáveis, situadas como fatores de risco, relacionáveis ao questionário foram: sexo, prática de atividade física, antecedentes psiquiátricos na família, problemas de relacionamento, satisfação com o trabalho, adequação do número de consultas em relação a horas de trabalho e tempo que dorme diariamente.…”
Section: Métodounclassified
“…10 A avaliação dos sintomas depressivos foi realizada a partir dos pontos de corte considerando diferentes graus de intensidade (ausente; leve; moderado; grave), já consagrados na literatura. 2,[8][9][10] Os questionários foram entregues por meio de visitas in loco a todas as equipes de Contudo, a influência do sono na vida do indivíduo não se limita ao número de horas dormidas diariamente, também se relaciona à qualidade do sono, presença de interrupções e da sensação de sono reparador ao despertar. Cerca de 80% dos casos de depressão associam-se a queixas relacionadas a alterações nos padrões do sono.…”
Section: Métodounclassified
See 1 more Smart Citation
“…Ao analisar as relações saúde, trabalho e emprego, constatam-se altas prevalências de doenças psiquiátricas em profissões específicas, como em médicos, eletricitários, agentes comunitários de saúde, professores, entre outros (Assunção;Lima;Guimarães, 2017). Na vida profissional médica existem fatores estressantes como a sobrecarga horária, tempo de sono inadequado, limitações da ciência médica, medo de errar, contato direto com dor e sofrimento do paciente, prognóstico ruins (Garcia Junior et al, 2018;Aragão et al, 2014). Em um ambiente de trabalho estressante, os profissionais com síndrome de Burnout estão propensos a outros problemas de saúde mental, como a depressão (Lima, 2014).…”
Section: Introductionunclassified