volume 25, issue 1, P81-98 2013
DOI: 10.1590/s1984-02922013000100006
View full text
|
Sign up to set email alerts
|
Share

Abstract: Este estudo objetiva discutir o trabalho de Eros e de Tanatos no contexto de regulação social na qual a responsabilidade social organizacional é comumente associada a um sistema de gestão capaz de minimizar os efeitos negativos do capitalismo. O trabalho de campo indicou uma falácia entre o discurso e as práticas da responsabilidade. Utilizaram-se dados qualitativos de três organizações, classificados com base na lógica das representações sociais. Identificou-se a responsabilidade social organizacional a servi…

Expand abstract