volume 10, issue 38e, P154 2012
DOI: 10.20396/rho.v10i38e.8639756
View full text
|
|
Share

Abstract: Neste artigo apresentamos uma discussão acerca do fetichismo do capital intelectual, aoanalisar a ideologia do conhecimento e a exigência de adaptação do trabalhador no contextoda reestruturação do capital nas últimas décadas. Para tanto, analisamos a emergência dessaideologia – através dos conceitos de sociedade do conhecimento, sociedade da informação,capital intelectual, entre outros – em alguns autores da área de gestão de recursos humanos, nasequência apresenta a crítica desse ideário a partir da análise …

Expand abstract

Search citation statements

Order By: Relevance

Citation Types

0
0
0

Paper Sections

0
0
0
0
0

Publication Types

0
0
0
0

Relationship

0
0

Authors

Journals