2020
DOI: 10.1590/0103-11042020e220
View full text |Buy / Rent full text
|
Sign up to set email alerts
|

Abstract: RESUMO O uso do fogo e seus impactos são crescentes na Amazônia. Neste estudo, avaliou-se a problemática das queimadas e incêndios florestais no contexto da proteção e defesa civil objetivando avaliar o número de registros de situação de emergência ou estado de calamidade pública declarados ante o aumento da ocorrência de queimadas e incêndios florestais na Amazônia. Fez-se uma análise histórica para quantificar mudança na exposição da população a queimadas, incêndios florestais e qualidade do ar. Em seguida, … Show more

Help me understand this report

Search citation statements

Order By: Relevance

Paper Sections

Select...

Citation Types

0
0
0
1

Year Published

2022
2022
2022
2022

Publication Types

Select...
1

Relationship

0
1

Authors

Journals

citations
Cited by 1 publication
(14 citation statements)
references
References 14 publications
(14 reference statements)
0
0
0
1
Order By: Relevance
“…Embora já existam sistemas de vigilância das florestas com emprego de imagens de satélites e órgãos como IBAMA (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis), INPE (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais) e outros em âmbitos federal, estadual e municipal, atuando no monitoramento e prevenção de focos de incêndios, estes eventos ainda são um sério problema, pois ainda se observa um incipiente manejo ambiental diante da larga expansão da agricultura e da bovinocultura em imensas áreas no país (Bacani, 2016;Anderson et al, 2019;Souza et al, 2021). Políticas públicas e pesquisas científicas voltadas para a questão da prevenção e controle de incêndios florestais ainda estão muito aquém do ideal, já que estudos recentes apontem para a questão do aumento de incidência de desastres associados a incêndios florestais no Brasil (Anderson et al, 2019, Anderson & Marchezini, 2020. Conhecer os fatores que desencadeiam os desmatamentos e as queimadas e influenciam nos incêndios florestais é necessário para direcionar Políticas Públicas nas tomadas de decisão (Fonseca-Morello et al, 2017).…”
unclassified