2015
DOI: 10.1590/1981-7746-sip00056
|View full text |Cite
|
Sign up to set email alerts
|

Metodologias Participativas E Educação Permanente Na Formação De Agentes Comunitários/as De Saúde

Abstract: Resumo Busca-se neste texto refletir sobre o uso de metodologias participativas na educação permanente de agentes comunitários/as de saúde, numa discussão sobre os limites e potencialidades de tais metodologias estimularem reflexões e possíveis mudanças nas práti-cas cotidianas desses profissionais. Foram realizadas entrevistas e caminhadas transversais com os/as agentes, que resultaram em relatorias utilizadas como material de análise. Não seria simples mensurar o impacto que essa metodologia tem no processo … Show more

Help me understand this report

Search citation statements

Order By: Relevance

Paper Sections

Select...
2
2
1

Citation Types

0
9
0
9

Year Published

2017
2017
2023
2023

Publication Types

Select...
4
1

Relationship

0
5

Authors

Journals

citations
Cited by 17 publications
(18 citation statements)
references
References 2 publications
0
9
0
9
Order By: Relevance
“…Possuem como base, estratégias de ensino fundamentadas na concepção pedagógica críticoreflexiva que permitem uma leitura e intervenção da realidade com a interação entre os diversos atores e valorização da construção coletiva do conhecimento por seus diferentes saberes e cenários de aprendizagem. É capaz de integrar a subjetividade no processo educativo, estimulando a reflexão sobre a realidade em que se inserem os alunos 27 . Também são práticas que estimulam a criatividade na construção de soluções aos problemas e que promovem a liberdade no processo de pensar e de agir estimulando assim, o processo de autonomia do aluno 26 .…”
Section: O Uso De Metodologias Ativasunclassified
“…Possuem como base, estratégias de ensino fundamentadas na concepção pedagógica críticoreflexiva que permitem uma leitura e intervenção da realidade com a interação entre os diversos atores e valorização da construção coletiva do conhecimento por seus diferentes saberes e cenários de aprendizagem. É capaz de integrar a subjetividade no processo educativo, estimulando a reflexão sobre a realidade em que se inserem os alunos 27 . Também são práticas que estimulam a criatividade na construção de soluções aos problemas e que promovem a liberdade no processo de pensar e de agir estimulando assim, o processo de autonomia do aluno 26 .…”
Section: O Uso De Metodologias Ativasunclassified
“…Difficulties in understanding the concept of permanent education were identified in the publications included in this category, [34][35][36][40][41][42][43][44][45][46][47][48][49] having repercussions in the application to health services. Furthermore, there were challenges for permanent education, in terms of the commitment to professionals and managers.…”
Section: Difficulties In Conceptual Understanding and Application To mentioning
confidence: 99%
“…43 In this respect, the educational practices in the field of mental health stood out, enabling a process of construction of reflective thinking and leading to the perception of other senses and ways in routine production. 48,18 A study conducted with professionals of the Family Health Strategy 49 concluded that higher education professionals did not consider courses and training courses to be capable of producing transformations in their health service practices. This study 49 showed that there are effects of educational actions on team activities, with some orientation towards community reality, although without consistently changing traditional practices.…”
Section: Difficulties In Conceptual Understanding and Application To mentioning
confidence: 99%
“…Neste sentido, a educação permanente em saúde levanta-se como estratégia fundamental para a formação do agente comunitário, que exerce em sua prática profissional importante função como mobilizador social, intermediando e construindo saberes junto à comunidade (ROCHA et al, 2015).…”
Section: Introductionunclassified
“…Desse modo, a educação permanente em saúde foi adotada como ação estratégica para operacionalizar a Política de Educação e Desenvolvimento para o Sistema Único de Saúde (SUS), partindo do pressuposto da aprendizagem significativa e reflexão crítica da realidade pelos profissionais de saúde (MINISTÉRIO DA SAÚDE, 2009). Assim, considera-se que o processo de educação permanente dos ACS poderá contribuir para a transformação e a problematização de suas práticas profissionais, tendo em vista a melhoria na qualidade dos serviços e a coerência das técnicas aplicadas segundo a demanda (ROCHA, et. al., 2015).…”
Section: Introductionunclassified