volume 8, issue suppl, P1059-1070 2001
DOI: 10.1590/s0104-59702001000500014
View full text
|
Sign up to set email alerts
|
Share

Abstract: Este artigo examina os elementos constitutivos da chamada "civilização regional do cacau", utilizando como fontes os relatos de quatro naturalistas europeus, de origem germânica, que percorreram a região do sul da Bahia nos três primeiros quartéis do século XIX. Partindo do conceito de "memórias partilhadas", demonstro que a contribuição daqueles discípulos de Humboldt ultrapassou os limites da ciência. Suas lembranças de viagem, devidamente filtradas pelas elites locais, foram articuladas com um outro conjunt…

Expand abstract