2013
DOI: 10.1590/s1516-05722013000400017
| View full text |Cite
|
Sign up to set email alerts
|

Abstract: INTRODUÇÃOO uso de plantas medicinais e de suas formas derivadas tem sido a base da terapia através dos séculos (Marchese et al., 2009). Numerosas etapas marcaram a evolução da arte de curar, porém torna-se difícil delimitá-las com exatidão, uma vez que a medicina esteve por muito tempo associada a práticas mágicas, místicas e ritualísticas. As plantas adquiriram fundamental importância na medicina popular por suas propriedades terapêuticas ou tóxicas (Martins et al., 1995 ABSTRACT: Preliminary survey on medic… Show more

Help me understand this report

Search citation statements

Order By: Relevance

Paper Sections

Select...
1
1
1
1

Citation Types

0
1
0
8

Year Published

2015
2015
2022
2022

Publication Types

Select...
7
1

Relationship

0
8

Authors

Journals

citations
Cited by 15 publications
(9 citation statements)
references
References 11 publications
(29 reference statements)
0
1
0
8
Order By: Relevance
“…Quanto aos grupos etários, os que tiveram maior representatividade foram aqueles em que os participantes apresentaram: 30 a 45 anos (27,78%), 22 a 29 anos (20,37%) e 46 a 59 anos (20,37%). Nesse aspecto se destaca que alguns estudos brasileiros, que abrangem a temática de cuidado de saúde, no contexto da medicina tradicional, não costumam direcionar suas amostras para informantes que estejam na faixa etária em que se compreende a adolescência e os adultos jovens, dando primazia para idosos e adultos maduros (LIMA et al, 2011;FEIJÓ et al, 2013).…”
Section: Resultsunclassified
See 1 more Smart Citation
“…Quanto aos grupos etários, os que tiveram maior representatividade foram aqueles em que os participantes apresentaram: 30 a 45 anos (27,78%), 22 a 29 anos (20,37%) e 46 a 59 anos (20,37%). Nesse aspecto se destaca que alguns estudos brasileiros, que abrangem a temática de cuidado de saúde, no contexto da medicina tradicional, não costumam direcionar suas amostras para informantes que estejam na faixa etária em que se compreende a adolescência e os adultos jovens, dando primazia para idosos e adultos maduros (LIMA et al, 2011;FEIJÓ et al, 2013).…”
Section: Resultsunclassified
“…Desse modo, observa-se que 25,93% dos informantes relataram "sempre" utilizar plantas, 50% referiram uso "frequente" das plantas, 11,11% apontaram utilizar "raramente", enquanto 12,96% dos participantes afirmaram quase não utilizar. Portanto, traçando um comparativo com os dados apresentados no gráfico da Figura 1, na pesquisa realizada por Feijó et al (2013), em Ilhéus (Bahia -BA) 97,7% dos entrevistados afirmaram fazer uso regular de plantas medicinais. Nesse aspecto, Giraldi e Hanazaki (2010) mencionam que a utilização dos recursos naturais no contexto dos cuidados à saúde é um mecanismo de reforço das práticas tradicionais, bem como possibilita um maior contato e interação humana com elementos diversos da biodiversidade.…”
Section: Conhecimento Tradicional: Uso E Fontes De Saberunclassified
“…Pesquisas etnodirigidas com populações em Salobrinho, Ilhéus, BA (Feijó et al, 2013) e em Sertão do Ribeirão, Florianópolis, SC (Giraldi & Hanazaki, 2010), comprovaram que as plantas para os distúrbios gastrointestinais também estão relacionadas à precária qualidade da água.…”
Section: Receitas Terapêuticasunclassified
“…Esta última foi indicada pela comunidade para gripe, tosse, febre e inflamação em geral. Estas duas espécies também foram registradas em outros trabalhos (Feijó et al, 2013;Liporacci & Simão, 2013;Zucchi et al, 2013)). …”
Section: Indicações Terapêuticas Categorias De Doenças Conforme Cid-1unclassified