2008
DOI: 10.1590/s0102-09352008000300017
View full text |Buy / Rent full text
|
Sign up to set email alerts
|

Abstract: RESUMOFoi realizado o fracionamento químico do extrato aquoso da Mascagnia rigida Griseb., uma importante planta tóxica no Brasil, para se obter cinco substratos ricos em diferentes grupos químicos -alcalóides, flavanóides, taninos, saponinas e açúcares, ácidos orgânicos e aminoácidos -, e investigar a toxicidade dessas frações, exceto a última, em 75 camundongos. Os animais, distribuídos aleatoriamente em cinco grupos, receberam: grupo I -alcalóides; grupo II -flavanóides; grupo III -taninos; grupo IV -saponi… Show more

Help me understand this report

Search citation statements

Order By: Relevance

Paper Sections

Select...
2
2

Citation Types

0
3
1
8

Year Published

2009
2009
2012
2012

Publication Types

Select...
3

Relationship

1
2

Authors

Journals

citations
Cited by 12 publications
(12 citation statements)
references
References 8 publications
(12 reference statements)
0
3
1
8
Order By: Relevance
“…Melo et al (2008) relataram que as frações de M. rigida − taninos, flavanoides, alcaloides e saponinas − na dose de 9g/kg, 18g/kg e 27g/kg, não causaram alteração de ALT em camundongos, entretanto provocaram aumento de AST. Saad et al (1970), ao estudarem os efeitos tóxicos de uma outra espécie de Mascagnia, M. pubiflora, relataram valores mais elevados tanto de ALT − 66,1U/L − como de AST − 119,6 U/L − em cobaias intoxicadas, quando comparados com animais saudáveis, 20,01U/L de ALT, e 26,69U/L de AST.…”
Section: Methodsunclassified
See 2 more Smart Citations
“…Melo et al (2008) relataram que as frações de M. rigida − taninos, flavanoides, alcaloides e saponinas − na dose de 9g/kg, 18g/kg e 27g/kg, não causaram alteração de ALT em camundongos, entretanto provocaram aumento de AST. Saad et al (1970), ao estudarem os efeitos tóxicos de uma outra espécie de Mascagnia, M. pubiflora, relataram valores mais elevados tanto de ALT − 66,1U/L − como de AST − 119,6 U/L − em cobaias intoxicadas, quando comparados com animais saudáveis, 20,01U/L de ALT, e 26,69U/L de AST.…”
Section: Methodsunclassified
“…A porcentagem de CK-MB em relação ao valor total de CK fornece um dado confiável quando se avalia uma possível lesão do miocárdio, pois valores aumentados de CK-MB acompanhados de aumento de CK podem ser resultantes de esforço físico, por exemplo. Porém, quando se observa aumento de CK-MB não acompanhado de aumento da CK total, a porcentagem dessa isoenzima fica elevada, comprovando lesão específica do músculo cardíaco (Melo et al, 2008 limite (Horton et al, 1995), com concentrações plasmáticas de até 2ng/mL (Pinelli et al, 2002 (Gava et al, 1998;Vasconcelos et al, 2008), porém sem acompanhamento de urinálise e avaliação de provas bioquímicas da função renal. Portanto, não existe paralelo entre degeneração hidrópico-vacuolar dos túbulos contorcidos distais e da função renal.…”
Section: Methodsunclassified
See 1 more Smart Citation
“…Atenção especial tem sido dada a esta planta, pela forma dramática como os casos se apresentam, em que animais aparentemente sadios, quando forçados a movimentar, caem e morrem em poucos minutos. O quadro clínico-patológico sugere que essa planta interfira no funcionamento do coração, causando insuficiência aguda (Melo et al, 2008). Entretanto, até o momento, não foram realizados estudos ecocardiográficos para verificar os efeitos dessa planta na função cardíaca.…”
Section: Introductionunclassified
“…It belongs to a group that causes acute intoxication that may provoke death preceded or not by a short period of clinical signs (2).…”
Section: Introductionmentioning
confidence: 99%