2018
DOI: 10.1590/0103-11042018s418
| View full text |Cite
|
Sign up to set email alerts
|

Abstract: RESUMO Este artigo objetivou descrever o perfil das Internações por Condições Sensíveis à Atenção Primária (ICSAP) nas 22 Regiões de Saúde do Ceará, através de um estudo quantitativo e transversal sobre as hospitalizações ocorridas entre 2010 e 2014. Houve redução das ICSAP nas regiões, com exceção de duas. Na maioria, a ampliação da cobertura da Estratégia Saúde da Família gerou redução na proporção de ICSAP. Entretanto, é necessário um compromisso mais contundente com relação à sua qualidade, à consolidação … Show more

Help me understand this report

Search citation statements

Order By: Relevance

Paper Sections

Select...
2
2
1

Citation Types

0
3
0
21

Year Published

2020
2020
2023
2023

Publication Types

Select...
4
2

Relationship

0
6

Authors

Journals

citations
Cited by 9 publications
(24 citation statements)
references
References 11 publications
0
3
0
21
Order By: Relevance
“…Quadro 1 -Artigos incluídos na revisão integrativa segundo periódico e ano de publicação, autor principal, tipo de estudo e objetivos -2019. Quanto ao delineamento dos estudos, evidenciou-se uma predominância de estudos ecológicos (60%) (Pinto & Giovanella, 2018;Zarlotti et al, 2017;Santos et al, 2018;Pinto Jr et al, 2018a;Pinto Jr et al, 2018b;Arruda, Schmidt & Marcon, 2018;Arantes, Shimizu & Merchán-Hamman, 2018;Freitas et al, 2018;Araujo et al, 2017;Costa et al, 2017;Magalhães & Morais Neto, 2017;Morimoto & Costa, 2017;Pazó et al, 2017;Costa, Pinto Jr & Silva, 2017;Amorim et al, 2017;Resende & Barbieri, 2017;Costa et al, 2016;Brasil & Costa, 2016;Ceccon, Meneghel & Viecili, 2014;Rodrigues-Bastos et al, 2014;Rehem et al, 2013) seguido de estudo quantitativo ( Alves et al, 2018;Nunes, 2018;Gonçalves et al, 2016;Botelho & Portela, 2017) e estudo descritivo (Mariano & Nedel, 2018;Castro et al, 2015;Santos et al, 2015;Rodrigues-Bastos et al, 2013) com 11,43% cada. Estudo seccional (Souza et al, 2018;Pitilin et al, 2015) (5,71%) e estudos epidemiológico (Pereira et al, 2018), transversal (Cardoso et al, 2013), qualitativo (Rehem et al, 2016) e análise de tendência (Carneiro et al, 2016) apareceram com 2,85% de abordagem cada um.…”
Section: Resultsunclassified
See 4 more Smart Citations
“…Quadro 1 -Artigos incluídos na revisão integrativa segundo periódico e ano de publicação, autor principal, tipo de estudo e objetivos -2019. Quanto ao delineamento dos estudos, evidenciou-se uma predominância de estudos ecológicos (60%) (Pinto & Giovanella, 2018;Zarlotti et al, 2017;Santos et al, 2018;Pinto Jr et al, 2018a;Pinto Jr et al, 2018b;Arruda, Schmidt & Marcon, 2018;Arantes, Shimizu & Merchán-Hamman, 2018;Freitas et al, 2018;Araujo et al, 2017;Costa et al, 2017;Magalhães & Morais Neto, 2017;Morimoto & Costa, 2017;Pazó et al, 2017;Costa, Pinto Jr & Silva, 2017;Amorim et al, 2017;Resende & Barbieri, 2017;Costa et al, 2016;Brasil & Costa, 2016;Ceccon, Meneghel & Viecili, 2014;Rodrigues-Bastos et al, 2014;Rehem et al, 2013) seguido de estudo quantitativo ( Alves et al, 2018;Nunes, 2018;Gonçalves et al, 2016;Botelho & Portela, 2017) e estudo descritivo (Mariano & Nedel, 2018;Castro et al, 2015;Santos et al, 2015;Rodrigues-Bastos et al, 2013) com 11,43% cada. Estudo seccional (Souza et al, 2018;Pitilin et al, 2015) (5,71%) e estudos epidemiológico (Pereira et al, 2018), transversal (Cardoso et al, 2013), qualitativo (Rehem et al, 2016) e análise de tendência (Carneiro et al, 2016) apareceram com 2,85% de abordagem cada um.…”
Section: Resultsunclassified
“…Dos objetivos descritos, 42,85% propuseram avaliar o indicador ICSAP associando-os à cobertura da ESF ( Pinto & Giovanella, 2018;Zarlotti et al, 2017;Pereira et al, 2018;Santos et al, 2018;Pinto Jr et al, 2018a;Arruda, Schmidt & Marcon, 2018;Arantes, Shimizu & Merchán-Hamman, 2018;Nunes, 2018;Freitas et al, 2018;Araújo et al, 2017;Resende & Barbieiri, 2017;Costa et al, 2016;Brasil & Costa, 2016;Ceccon, Meneghel & Viecili, 2014;Rodrigues-Bastos et al, 2014); 11,43% buscaram discutir gastos com saúde nessas internações (Pinto Jr et al, 2018b;Morimoto & Costa, 2017;Costa et al, 2016;Brasil & Costa, 2016); 5,71% estudaram o incremento do Programa Mais Médicos por meio deste indicador (Gonçalves et al, 2016;Carneiro et al, 2016); 2,85% investigou características das Unidades Básicas de Saúde associadas ao número de ICSAP (Araújo et al, 2017); 28,57% avaliaram as taxas de internações por causas sensíveis e suas causas (Alves et al, 2018;Mariano & Nedel, 2018;Costa et al, 2017;Magalhães & Morais Neto, 2017;Pazó et al, 2017;Botelho & Portela, 2017;Costa & Pinto Jr, Silva, 2017;Santos et al, 2015;Rehem et al, 2013;Rodrigues-Bastos et al, 2013). Nos demais estudos, 2,85% fizeram uma análise das hospitalizações em mulheres e seus fatores determinantes (Pitilin et al, 2015); discorreram sobre a relação entre a orientação do sistema para a atenção primária e as ICSAP em um hospital universitário (Souza et al, 2018); descreveram as hospitalizações em idosos…”
Section: Resultsunclassified
See 3 more Smart Citations