volume 20, issue 3, P237-241 2014
DOI: 10.1590/1517-86922014200301930
View full text
|
|
Share

Abstract: RESUMO Embora um crescente corpo de literatura corrobore o papel benéfico do exercício sobre a cognição, não há consenso sobre os mecanismos que norteiam as adaptações cerebrais agudas e crônicas ao exercício. A presente revisão narrativa tem como objetivo apresentar e discutir os mecanismos pelos quais o exercício afeta o desempenho cognitivo. Agudamente, especula-se que os efeitos do exercício sobre a resposta cogni-tiva sejam mediados por aumentos no fluxo sanguíneo cerebral e, por conseguinte, no aporte d…

Expand abstract

Search citation statements

Order By: Relevance

Citation Types

0
3
0
1

Paper Sections

0
0
0
0
0

Publication Types

0
0
0
0

Relationship

0
0

Authors

Journals