volume 24, issue 1, P25-50 2021
DOI: 10.1590/1415-4714.2021v24n1p25.2
View full text
|
|
Share
Marco Antonio Coutinho Jorge, Natália Pereira Travassos

Abstract: Embora a homossexualidade não esteja mais no rol das psicopatologias, em muitos países ainda é considerada crime, passível de punição que chega à pena de morte. O avanço na conquista dos direitos homoafetivos trouxe, na mesma medida, o aumento do ultraconservadorismo, expresso em violência. Para Freud, a homossexualidade é tão enigmática quanto a heterossexualidade, mas a crença na complementaridade sexual - impossível para a psicanálise - talvez seja um fator que leve muitos transexuais a buscar harmonizar se…

Expand abstract