2010
DOI: 10.1590/s0100-736x2010000200015
| View full text |Cite
|
Sign up to set email alerts
|

Abstract: O objetivo deste artigo foi introduzir debate a respeito da presente e, possivelmente, da futura relevância crescente do gato doméstico, no que se refere à saúde pública, com ênfase para a raiva (animal/urbana). A literatura científica que trata do papel específico do gato em relação às zoonoses ainda é reduzida. Essa espécie está se tornando o mais popular animal de companhia no mundo ocidental urbano, particularmente devido ao estilo de vida adotado pelas pessoas, com reduzido espaço residencial e pouco temp… Show more

Help me understand this report

Search citation statements

Order By: Relevance

Paper Sections

Select...
1
1
1
1

Citation Types

0
6
0
25

Year Published

2014
2014
2019
2019

Publication Types

Select...
4
3

Relationship

0
7

Authors

Journals

citations
Cited by 32 publications
(31 citation statements)
references
References 14 publications
0
6
0
25
Order By: Relevance
“…Tendo em vista a tendência para o abandono de gatos em nosso país (GENARO, 2010), o número significativo de gatos vítimas de intoxicação por carbamatos ("chumbinho") e outras cruéis formas de maus-tratos (MARLET; MAIORKA, 2010), afirmamos que ainda há o predomínio de uma concepção negativa em relação a este animal no Brasil.…”
Section: Mitos Rituais E Representações Dos Gatos Em Diferentes Cultunclassified
“…Tendo em vista a tendência para o abandono de gatos em nosso país (GENARO, 2010), o número significativo de gatos vítimas de intoxicação por carbamatos ("chumbinho") e outras cruéis formas de maus-tratos (MARLET; MAIORKA, 2010), afirmamos que ainda há o predomínio de uma concepção negativa em relação a este animal no Brasil.…”
Section: Mitos Rituais E Representações Dos Gatos Em Diferentes Cultunclassified
“…A saliva, na ocorrência de mordeduras por animais, constitui o veículo mais comum de transmissão do vírus rábico, devido a sua alta concentração na mesma (POLIZEL et al, 2017). Historicamente os quirópteros estiveram mais relacionados às infecções em áreas rurais (HEINEMANN et al, 2002;GENARO, 2010;TEIXEIRA et al, 2015).…”
Section: Introductionunclassified
“…Não foram observadas diferenças significativas entre estes grupos, porém o número de animais considerados adultos foi muito inferior aos de animais considerados filhotes ou jovens, sendo um fator que pode ter interferido nesta análise. Sabe-se que animais errantes, geralmente apresentam baixa sobrevida e, alguns autores descrevem que devido ao estresse causado pela vida feral, os gatos e cães sem dono vivem em média somente um ano (GATES, 2013;GENARO, 2010;MOLENTO et al, 2005). Há também o fato de que a captura de animais adultos é sempre mais difícil que a de jovens e filhotes, o que pode ter facilitado a captura de uma maior quantidade de animais mais jovens.…”
Section: Discussionunclassified