2007
DOI: 10.1590/s0104-83332007000100015
|View full text |Cite
|
Sign up to set email alerts
|

Frentenegrinas: notas de um capítulo da participação feminina na história da luta anti-racista no Brasil

Abstract: O artigo procura investigar a questão da mulher negra em uma perspectiva histórica, recuperando a trajetória e participação desse estrato populacional na Frente Negra Brasileira (1931-1937), considerada a maior (e a mais importante) entidade anti-racista do país no período do pós-Abolição. A principal pergunta a ser respondida aqui se refere ao papel desempenhado pelas mulheres na Frente Negra Brasileira e no seu órgão informativo - jornal A Voz da Raça.

Help me understand this report

Search citation statements

Order By: Relevance

Paper Sections

Select...
1
1
1

Citation Types

0
0
0
12

Year Published

2018
2018
2022
2022

Publication Types

Select...
4
3

Relationship

0
7

Authors

Journals

citations
Cited by 13 publications
(12 citation statements)
references
References 3 publications
0
0
0
12
Order By: Relevance
“…-Integração das mulheres negras: Diversos trabalhos demonstraram que a integração das mulheres negras vem de seu engajamento coletivo em movimentos sociais, desdas primeiras décadas do século XX na América Latina (Pereira, 2007;Dominguez, 2008). Como demonstram os autores, a participação das mulheres negras nas organizações sociais e na vida política, em geral, tem sido negligenciadas, tanto na academia quanto pela mobilizaçãosocial.…”
Section: Repertório Discursivo Do Movimento Feminista Na América Latinaunclassified
“…-Integração das mulheres negras: Diversos trabalhos demonstraram que a integração das mulheres negras vem de seu engajamento coletivo em movimentos sociais, desdas primeiras décadas do século XX na América Latina (Pereira, 2007;Dominguez, 2008). Como demonstram os autores, a participação das mulheres negras nas organizações sociais e na vida política, em geral, tem sido negligenciadas, tanto na academia quanto pela mobilizaçãosocial.…”
Section: Repertório Discursivo Do Movimento Feminista Na América Latinaunclassified
“…Céli Pinto (2003) (Domingues, 2007), pressionando a discussão, nos âmbitos público e do Estado, de questões raciais e de gênero e alcançando mais espaço na imprensa negra e em cargos de comando em algumas organizações do movimento negro, como a FNB. Observe-se, contudo, que as mulheres já se organizavam em núcleos ou departamentos específicos de mulheres negras e passaram, então, a produzir criticamente e atuar politicamente a partir desse lugar, desse sujeito político:…”
Section: Incidência Política Nacional E Internacionalunclassified
“…Tal pesquisa suscitou a obra de mesmo nome, A Mulher Brasileira e suas Lutas Sociais e Políticas: 1850-1937, por meio da qual a pesquisadora destacou a existência de uma imprensa feminista Brasil desde o século XIX. A autora citou o Jornal das Senhoras, de 1852, que percebia o casamento de maneira crítica e diferenciada para as mulheres e argumentava, já naquele ano, que os homens não podiam continuar percebendo a mulher como propriedade.Autores como PetrônioDomingues (2005Domingues ( , 2007, que pesquisam o movimento negro no Brasil, mencionam o papel das mulheres negras na imprensa negra do século XIX.Essa estratégia se manteve no século XXI e expandiu-se. Os movimentos de mulheres no Brasil hoje têm agências de notícias próprias, organizações de mulheres voltadas especificamente para a produção de conteúdo jornalístico e informativo, produzindo documentários e pesquisas de opinião pública, fazendo campanhas de comunicação e, mais recentemente, atualizando recursos para atuação em mídias sociais.Com dados, pesquisas e argumentos científicos sobre as desigualdades que experimentam as mulheres brasileiras, o movimento de mulheres estava pronto para entrar no discurso público.…”
unclassified
“…O empenho, que atravessa toda a tese, em trazer à baila as imagens e a voz feminina negra faz com que o andamento do texto necessariamente misture as vozes de Nery, Alice e Maria Helena, ora individualizando-as ora diluindo-as, mas sem jamais perder de vista que cada uma delas e as três juntas são capazes de "produzir um mundo e habitá-lo simbolicamente" como anotou Louis Herns Marcelin em seu estudo sobre famílias negras no 5 Em um artigo do historiador Petrônio Domingues (2007) sobre a presença feminina na Frente Negra Brasileira (1931)(1932)(1933)(1934)(1935)(1936)(1937) Recôncavo Baiano extirpando de vez a ideia de que famílias negras são anômicas e desorganizadas (1999: 31) 7 . A mistura das vozes no texto mimetiza as mesclas e justaposições do próprio arquivo pessoal, no qual documentos de diferentes tempos convivem lado a lado;…”
Section: Introdução: O Arquivo Pessoal De Nery E O Dossiê Alice Rezendeunclassified