2011
DOI: 10.1590/s1676-06032011000200032
|View full text |Cite
|
Sign up to set email alerts
|

Florística e estrutura de um trecho de Floresta Ombrófila Densa Atlântica Submontana no Parque Estadual da Serra do Mar, em Ubatuba/SP, Brasil

Abstract: This work describes the tree community structure and composition in a 1 ha plot of undisturbed Atlantic Forest located at the north coast (S 23° 21' 59.8" -W 45° 05' 02.8") of São Paulo state and relates its floristic composition in a regional context. We sampled all stems with diameter at breast height (dbh) ≥ 4.8 cm in 100 contiguous 10 × 10 m plots. We found 1881 individuals distributed in 206 species, 102 genera and 48 families. 1578 stems were trees (83.9%), 237 palms (12.6%), eight ferns (0.42%) and 58 s… Show more

Help me understand this report

Search citation statements

Order By: Relevance

Paper Sections

Select...
3
1

Citation Types

3
4
0
9

Year Published

2011
2011
2024
2024

Publication Types

Select...
8

Relationship

1
7

Authors

Journals

citations
Cited by 18 publications
(16 citation statements)
references
References 24 publications
(19 reference statements)
3
4
0
9
Order By: Relevance
“…Portanto, a região do meio da encosta possuiria características intermediárias que seriam favoráveis à sobrevivência e desenvolvimento de um maior número de espécies do que aquele que pode ocorrer em cada um dos extremos. Esta condição mais favorável, na região mais próxima do meio da encosta, ou seja, aos 350 m, pode ser evidenciada, além do número de espécies significativamente maior, pelo número significativamente maior de indivíduos, bem como pelo volume significativamente maior alcançado pela comunidade de árvores, em relação àquela dos 190 m. A comparação, incluindo a parcela mais próxima, aos 375 m (parcela J - Rochelle et al 2011), apontou que ambas são as áreas mais ricas em espécies, na floresta submontana , existindo 127 espécies em comum, entre as duas altitudes. (FAPESP 03/12595-7 -Joly et al 2008, sendo que segundo moradores antigos, a área foi explorada há cerca de 40 anos para a retirada seletiva de madeira da árvore urucurana (Hieronyma alchorneoides Allemão, Phyllanthaceae), entre outras.…”
Section: Discussionunclassified
“…Portanto, a região do meio da encosta possuiria características intermediárias que seriam favoráveis à sobrevivência e desenvolvimento de um maior número de espécies do que aquele que pode ocorrer em cada um dos extremos. Esta condição mais favorável, na região mais próxima do meio da encosta, ou seja, aos 350 m, pode ser evidenciada, além do número de espécies significativamente maior, pelo número significativamente maior de indivíduos, bem como pelo volume significativamente maior alcançado pela comunidade de árvores, em relação àquela dos 190 m. A comparação, incluindo a parcela mais próxima, aos 375 m (parcela J - Rochelle et al 2011), apontou que ambas são as áreas mais ricas em espécies, na floresta submontana , existindo 127 espécies em comum, entre as duas altitudes. (FAPESP 03/12595-7 -Joly et al 2008, sendo que segundo moradores antigos, a área foi explorada há cerca de 40 anos para a retirada seletiva de madeira da árvore urucurana (Hieronyma alchorneoides Allemão, Phyllanthaceae), entre outras.…”
Section: Discussionunclassified
“…As famílias de maior abundância na comunidade foram Rubiaceae (346 indivíduos), Myrtaceae (256), Arecaceae (237) e Sapotaceae (107), que juntas somaram 50,29% do total de indivíduos. As famílias de maior riqueza na comunidade foram Myrtaceae (43 espécies), Rubiaceae (19), Lauraceae (16), Fabaceae (13), Sapotaceae (oito) e Melastomataceae (oito) que juntas somaram 51,45% das espécies (Rochelle et al 2011).…”
Section: Características Físicas E Florísticaunclassified
“…Schum., com 147 indivíduos e presente em 65 subparcelas. Por outro lado 44 espécies (21,36% do total) foram amostradas com apenas um indivíduo (Rochelle et al 2011).…”
Section: Características Físicas E Florísticaunclassified
See 1 more Smart Citation
“…(i) Picinguaba Development Center (23°21 0 52″S; 44°49 0 27″W): this locality (hereafter Picinguaba) is situated in the city of Ubatuba, northern coast of the state of São Paulo, which is part of the Serra do Mar State Park, with approximately 47 500 ha and altitude Fundac ßão Florestal 2012). This altitudinal variation is critical, promoting habitat heterogeneity and richness in plant species(Rochelle et al 2011). (ii) Serra do Japi Biological Reserve (23°15 0 07″S; 46°56 0 50″ W): this biological reserve (hereafter Serra do Japi) is located in the city of Jundia ı, state of São Paulo, with an altitude rang-…”
mentioning
confidence: 99%