2006
DOI: 10.1590/s1415-790x2006000100009
| View full text |Cite
|
Sign up to set email alerts
|

Abstract: OBJETIVO: Analisar fatores de risco para a morte de crianças menores de um ano de idade, do município de Maracanaú, Estado do Ceará, entre os anos de 2000 e 2002, através de linkage das informações do Sistema de Informação sobre Nascidos Vivos e Sistema de Informação sobre Mortalidade. MÉTODOS: Coorte retrospectiva de 11.127 nascimentos vivos com declaração de nascido vivo preenchida, ocorridos entre 01/01/2000 e 31/12/2002 e 119 óbitos infantis relacionados a essa coorte de nascidos vivos, com declaração de ó… Show more

Help me understand this report

Search citation statements

Order By: Relevance

Paper Sections

Select...
2
2
1

Citation Types

1
5
1
27

Year Published

2011
2011
2020
2020

Publication Types

Select...
6
2

Relationship

0
8

Authors

Journals

citations
Cited by 25 publications
(34 citation statements)
references
References 16 publications
1
5
1
27
Order By: Relevance
“…14,22 There was found an association between Apgar scores and neonatal mortality, especially for 5-minute Apgar scores, which corroborates studies conducted in São Paulo, 13 Montes Claros 14 and Recife. 18 Unlike most Brazilian studies 22,24 who found scores <7 as predictive of increased risk of death, the present study showed that Apgar scores ≤8 indicated more vulnerable newborns.…”
Section: Resultscontrasting
confidence: 94%
“…14,22 There was found an association between Apgar scores and neonatal mortality, especially for 5-minute Apgar scores, which corroborates studies conducted in São Paulo, 13 Montes Claros 14 and Recife. 18 Unlike most Brazilian studies 22,24 who found scores <7 as predictive of increased risk of death, the present study showed that Apgar scores ≤8 indicated more vulnerable newborns.…”
Section: Resultscontrasting
confidence: 94%
“…No entanto, não é consenso seu efeito protetor para a mortalidade neonatal, pois outros autores não observaram diminuição de risco de óbito pós-cesárea (14)(15) . Pesquisa na cidade do Recife-PE, realizada no período de 2000 a 2002, também não correlacionou tipo de parto com maior chance de óbito neonatal (6) . Entre os determinantes proximais estudados, a prematuridade e o baixo peso ao nascer têm sido considerados, sistematicamente, causas importantes de mortalidade neonatal (3,16) .…”
Section: Resultsunclassified
“…Em várias regiões do país a mortalidade neonatal (óbitos ocorridos entre o nascimento e os 27 dias completos de vida) se constitui no principal componente da mortalidade infantil, e o estudo dos seus possíveis fatores de risco cresce em importân-cia, pois sabe se que, dois terços dos óbitos infantis ocorrem no período neonatal, desses 50% se dão na primeira semana e metade nas primeiras 24 horas após o nascimento (2)(3) . Nos países desenvolvidos a mortalidade neonatal é, geralmente, determinada por malformações congênitas, enquanto que nos países em desenvolvimento está relacionada principalmente aos diversos fatores de risco relacionados às condições gerais de vida e acesso aos serviços de saúde (6)(7) . O baixo peso ao nascer é considerado o principal fator de risco da mortalidade neonatal, e pode ter entre suas causas o Crescimento Intrauterino Restrito (CIUR).…”
Section: Introductionunclassified
See 1 more Smart Citation
“…Tais informações são utilizadas na formulação e na avaliação de ações, planos e políticas de saúde, subsidiando o processo de tomada de decisões que podem contribuir e aprimorar a situação de saúde individual e coletiva 15 . Muitos estudos com metodologias distintas foram desenvolvidos no Brasil com o objetivo de qualificar e mensurar a confiabilidade das informações de mortalidade, bem como de outras bases de dados do Sistema Único de Saúde (SUS) 16,17,18,19,20,21,22,23,24,25,26,27,28,29,30,31,32,33,34 . 13 .…”
Section: Discussionunclassified