2017
DOI: 10.11606/issn.1806-6976.v13i1p45-51
|View full text |Cite
|
Sign up to set email alerts
|

Enfrentamento religioso/espiritual em pessoas com câncer em quimioterapia: revisão integrativa da literatura

Abstract: Objetivou-se identificar as evidências científicas disponíveis acerca do enfrentamento religioso/espiritual utilizado por pessoas com câncer, em quimioterapia. Trata-se de revisão integrativa da literatura. Utilizou-se os descritores Quimioterapia e Espiritualidade. As bases de dados foram: LILACS, PUBMED, ScienceDirect, EMBASE, CINAHL e BDENF. Os estudos reconhecem a religião/espiritualidade como estratégia de enfrentamento positivo, ao contribuírem para a adesão ao tratamento e redução do estresse. O enfrent… Show more

Help me understand this report

Search citation statements

Order By: Relevance

Paper Sections

Select...
2
2
1

Citation Types

0
4
0
32

Year Published

2019
2019
2021
2021

Publication Types

Select...
6
1

Relationship

0
7

Authors

Journals

citations
Cited by 31 publications
(36 citation statements)
references
References 12 publications
0
4
0
32
Order By: Relevance
“…Therefore, providing care that takes into account the individual's spirituality is a way of encompassing spiritual needs and promoting quality of life. Such needs are the driving force for the search for meaning in life and impel to overcome suffering and difficulties, especially for those who have cancer and are undergoing treatment (15)(16) .…”
Section: Discussionmentioning
confidence: 99%
See 1 more Smart Citation
“…Therefore, providing care that takes into account the individual's spirituality is a way of encompassing spiritual needs and promoting quality of life. Such needs are the driving force for the search for meaning in life and impel to overcome suffering and difficulties, especially for those who have cancer and are undergoing treatment (15)(16) .…”
Section: Discussionmentioning
confidence: 99%
“…It was observed that many of the patients in the study seek religion/spirituality as a way of coping with neoplastic disease. However, the way in which the individual makes use of religious coping may bring benefits, such as lower incidence of diseases or complications during treatment and greater longevity, or may lead to greater anxiety and depression and lower levels of hope and spiritual well-being (15) . In this study, the predominance of patients presenting with PCRE in the medium rating may indicate that there was no relevant negative emotional impact caused by cancer, due to behaviors that define coping strategies as positive, such as praying for the well-being of others and seeking protection, support, love and guidance in God (18)(19) .…”
Section: Discussionmentioning
confidence: 99%
“…Estudos científicos têm apontado que frequentar instituições religiosas auxilia os fiéis no desenvolvimento de estratégias de suporte para resolução de problemas e nos processos de enfrentamento de situações consideradas adversas, de modo que o contato com o divino pode proporcionar segurança e conforto espiritual e emocional (Sousa et al, 2017). A religiosidade e a espiritualidade estão imbricadas no cotidiano dos indivíduos e, diante disso, identifica-se a necessidade de entender seus benefícios sobre as queixas de saúde, a forma como as pessoas utilizam essas estratégias para se readaptar e lidar com adversidades, enfatizando a relação com indicadores da saúde física e mental (Abdala et al, 2015).…”
Section: Introductionunclassified
“…Assim, as pessoas podem recorrer ao apoio religioso quando experienciam processos de adoecimento, o que pode estar alinhado ou não a determinada filiação religiosa professada por quem busca essa ajuda. Assim como a literatura vem apontando que a R/E está fortemente associada aos processos de saúde (Sousa et al, 2017), pontuamos que as pessoas buscam frequentemente apoio nas religiões para o alívio de sintomas, traumas, bem como para a cura de diversas doenças, criando expectativas em relação aos benefícios promovidos por cada religião (Macedo, 2015;Scorsolini-Comin, 2014).…”
Section: Introductionunclassified
“…Essa prevalência reforça a religiosidade como estratégia-chave para enfrentar o tratamento oncológico (MESQUITA et al, 2013;AQUINO;ZAGO, 2007). Uma revisão integrativa sobre o enfrentamento religioso/espiritual em pacientes com câncer evidenciou melhoria do bem-estar e contribuição para a adesão ao tratamento e para o controle de alterações emocionais (SOUSA et al, 2017). Eis por que pode auxiliar no manejo da FSQ emocional -como sugerem os resultados deste estudo.…”
Section: Ela Explica O Procedimentounclassified