Blucher Engineering Proceedings 2016 DOI: 10.5151/engpro-conaerg2016-7722 View full text
|
|
Share
Fernanda Cabegi de BARROS, Raiane Fabiola de AZEVEDO, Tatiana de Oliveira SATO

Abstract: RESUMOO objetivo deste estudo foi avaliar os efeitos de uma intervenção ergonômica baseada no ajuste dos postos de trabalho em relação ao estresse, fadiga, bem estar e sintomas musculoesqueléticos. Trinta trabalhadores de escritório foram divididos em dois grupos (experimental [GE] e controle [GC]) e comparados antes e 6 meses após a intervenção, por meio de questionários. O GC não recebeu nenhuma intervenção. O GE apresentou melhora, estatisticamente não significativa, dos sintomas musculoesqueléticos, fadig…

expand abstract