volume 25, issue 66, P601-622 2012
DOI: 10.1590/s0103-49792012000300014
View full text
|
|
Share

Abstract: Marcelo Ridenti: Nesta entrevista, nós estamos interessados em discutir sua obra. Chico de Oliveira: Que obra? Marx um dia perguntou: "que obra?" (risos). Flávio Mendes: Na outra entrevista à Margem Esquerda, você falou a mesma coisa. Se não for a obra, pelo menos a trajetória. Chico: Trajetória é melhor, eu me reconcilio melhor com essa ideia do que com a de obra. Eu tenho um texto importante, dos anos 1970, que é Crítica à razão dualista. Os outros não tiveram tanta importância. Flávio: Você tem dois artigos…

Expand abstract

Search citation statements

Order By: Relevance

Paper Sections

0
0
0
0
0

Citation Types

0
0
0
2

Publication Types

Select...

Relationship

0
0

Authors

Journals