2010
DOI: 10.1590/s1516-44462010000200008
|View full text |Cite
|
Sign up to set email alerts
|

Depression during pregnancy in the Brazilian public health care system

Abstract: Objective: To estimate the prevalence of depression and correlate clinical and demographic characteristics in pregnant women assisted by the public health system in the city of Pelotas, RS, Brazil. Method: We performed a cross-sectional study focused on pregnant women assisted by the public health service. The Edinburgh Postnatal Depression Scale (EPDS) was used to screen for depression. Results: In a sample of 1,264 pregnant women aged 12-46 years, 21.1% (n = 255) presented a depressive episode during pregnan… Show more

Help me understand this report

Search citation statements

Order By: Relevance

Paper Sections

Select...
2
1
1

Citation Types

0
9
1
16

Year Published

2010
2010
2017
2017

Publication Types

Select...
7

Relationship

1
6

Authors

Journals

citations
Cited by 45 publications
(26 citation statements)
references
References 22 publications
0
9
1
16
Order By: Relevance
“…A maior idade foi fator de proteção, sendo que o menor risco ocorreu em mulheres de 25 anos ou mais. Esse achado é similar ao encontrado em outros estudos realizados 11,22 . Contudo, esse resultado não se repete em outros trabalhos, sendo que alguns não encontraram associação 18 e em outros a associação foi inversa 23 .…”
Section: Variávelunclassified
See 2 more Smart Citations
“…A maior idade foi fator de proteção, sendo que o menor risco ocorreu em mulheres de 25 anos ou mais. Esse achado é similar ao encontrado em outros estudos realizados 11,22 . Contudo, esse resultado não se repete em outros trabalhos, sendo que alguns não encontraram associação 18 e em outros a associação foi inversa 23 .…”
Section: Variávelunclassified
“…Contudo, esse resultado não se repete em outros trabalhos, sendo que alguns não encontraram associação 18 e em outros a associação foi inversa 23 . Dentre os demais fatores socioeconômicos estudados, ressalta-se a escolaridade como fator de proteção, sendo que quanto maior o número de anos completos de estudos, maior é a proteção para depressão, como se observa em outros estudos 11,20 . Já em relação à renda, apesar de não ter sido fator associado ao desfecho neste estudo após o ajuste com a escolaridade, em outros se identifica relação entre depressão e baixa renda, sendo esta fator de risco 10,23 .…”
Section: Variávelunclassified
See 1 more Smart Citation
“…Caros Editores, Gostaríamos de parabenizar os autores Silva et al pelo trabalho recém-publicado na Revista Brasileira de Psiquiatria 1 . O artigo avalia a prevalência e fatores associados à depressão em gestantes atendidas por meio do sistema público de saúde da cidade de Pelotas.…”
Section: Depression During Pregnancy In the Brazilian Public Health Cunclassified
“…Quanto aos fatores associados à depressão, também observamos que história de tratamento psiquiátrico prévio, uso de álcool e tabagismo mostraram-se fortemente associados com prevalência de depressão. Também do mesmo modo que o observado por Silva et al 1 , não ter parceiro (p = 0,09) e baixa escolaridade (0,02) se associaram com depressão apenas na análise univariada. Por outro lado, diferentemente dos resultados do estudo de Pelotas, não encontramos associação entre depressão na gestação e número de gestações anteriores, gravidez planejada ou ter mais idade.…”
unclassified