2006
DOI: 10.1590/s0104-59702006000500005
|View full text |Cite
|
Sign up to set email alerts
|

Ciência e arte: relações improváveis?

Abstract: REIS, J. C.; GUERRA, A.; BRAGA, M.: Ciência e arte: relações improváveis? História, Ciências, Saúde -Manguinhos, v. 13, (suplemento), p. 71-87, outubro 2006. Este artigo discute as relações entre ciência e arte, principalmente entre física e pintura, com o objetivo de apresentar uma abordagem cultural para a ciência. Dessa forma, entendemos que a compreensão dos conteúdos da ciência torna-se mais significativa. Abordamos diferentes momentos da história desde a revolução científica até o século XX. As relaç… Show more

Help me understand this report

Search citation statements

Order By: Relevance

Paper Sections

Select...
3
1
1

Citation Types

0
1
0
12

Year Published

2011
2011
2023
2023

Publication Types

Select...
7
1

Relationship

1
7

Authors

Journals

citations
Cited by 28 publications
(13 citation statements)
references
References 2 publications
0
1
0
12
Order By: Relevance
“…Por isso Galileu foi capaz de desenhar com perfeição enquanto seu rival pode esboçar somente manchas, sem nitidez (REIS et al, 2006). Michelangelo foi outro que, em parte de suas obras, nos transmitiu grande conhecimento da anatomia humana e de como esse conhecimento serviu de base para um detalhamento enriquecedor de músculos e ossos.…”
Section: Ciência E Arte: Uma História De Muitas Relaçõesunclassified
“…Por isso Galileu foi capaz de desenhar com perfeição enquanto seu rival pode esboçar somente manchas, sem nitidez (REIS et al, 2006). Michelangelo foi outro que, em parte de suas obras, nos transmitiu grande conhecimento da anatomia humana e de como esse conhecimento serviu de base para um detalhamento enriquecedor de músculos e ossos.…”
Section: Ciência E Arte: Uma História De Muitas Relaçõesunclassified
“…Dessa forma, é preciso se atentar, levando em consideração o contexto histórico e cultural, para o que as imagens deixam transparecer e para o que omitem, observando, inclusive, seu autor, sua presença no cenário que retrata e sua percepção e interesses (SANTAELLA, 2005;COSTA, 2006;REIS et al, 2006;TUCKER, 2006;BURKE, 2009;ROUILLÉ, 2009).…”
Section: -As Imagens Históricas Como Fontes Primáriasunclassified
“…Um dos pintores mais importantes dessá epoca foi o italiano Giotto di Bondone (1266-1337), que além de representar santos com forma e aparência humanizadas, também se tornou responsável por introduzir duas revoluções na pintura: a tridimensionalidade e o azul do céu [8,9]. O poeta italiano Bocaccio (1313-1375) considera Giotto o precursor da pintura renascentista devidoà grande inovação de seus trabalhos.…”
Section: Introductionunclassified
“…Numa de suas várias séries, ele pintou montes de feno em diferentesépocas do ano, e em outra, denominada Catedral de Rouen (Fig. 2), de 1893, pintou a fachada do templo em diferentes horas do dia [8,20]. A partir desse momento, a temporalidadeé incorporadaà pintura, uma vez que as paisagens não existiam apenas no espaço, mas também no tempo, e eramúnicas.…”
Section: Introductionunclassified
See 1 more Smart Citation