2002
DOI: 10.1590/s0103-84782002000600027 View full text |Buy / Rent full text
|
|

Abstract: A auto-incompatibilidade (AI) é a incapacidade de uma planta fértil formar sementes quando fertilizada por seu próprio pólen. É um mecanismo fisiólogico, com base genética, que promove a alogamia, e tem despertado a atenção de geneticistas e melhoristas de plantas. Atualmente, a ênfase nas pesquisas está na identificação e entendimento dos processos moleculares e celulares que levam ao reconhecimento e à rejeição do pólen auto-incompatível, incluindo a identificação, localização e seqüenciamento das proteínas,… Show more

Help me understand this report

Search citation statements

Order By: Relevance
Select...
2
1
1
0
3
0
2

Year Published

2015
2015
2019
2019

Publication Types

Select...
2
2
1

Relationship

0
5

Authors

Journals

0
3
0
2
Order By: Relevance
“…Further studies are needed to technically assess the compatibility between genotype of Coffea canephora, in order to identify the interaction of the materials for planting indication to farmers. Knowledge of compatibility or self-incompatibility between genotypes allows for increased productivity and final uniformity in Coffee cultivation (Ferrão et al, 2017;Schifino-Wittmann & Dall'agnol, 2002).…”
Section: Resultsmentioning
“…In addition, it should be considered that most Brassica species are self-incompatible; therefore, insect visits are necessary for seed production [6,29]. In Brassica species with auto incompatibility (AI), incompatible pollen grains barely germinate on stigma and, when germinated, their pollen tubes fail to grow on papillary cells on the stigmatic surface [30]. Self-incompatibility is a widespread mechanism in flowering plants that prevent self-fertilization.…”
Section: Pollination Requirements In Rapeseed Flowersmentioning
“…The ornamental potential of the genus is highly valued in Europe and North America and many of the varieties used for this purpose are derived from interspecific hybrids (Abreu et al, 2009). Interspecific hybrids are comparatively easy to generate in this genus because of weak reproductive barriers and weak self-incompatibility; these characteristics are a hallmark of the genus (Schifino-Wittmann and Dall'Agnol, 2002). In general, interspecific hybridization has been the main strategy used for breeding ornamental Passiflora varieties and for the improvement of quantitative and qualitative characteristics of the plants and the development of genotypes with unique characteristics for the ornamental plant market (Abreu et al, 2009;Belo, 2010;Santos et al, 2012).…”
Section: Introductionmentioning
“…A incongruência ocorre em cruzamentos interespecíficos como resultado da falta de informação genética de uma das espécies necessárias para completar a fertilização (HOGENBOOM, 1973;. Dentre as informações genéticas necessárias para obtenção de sucesso na fertilização estão os estudos de incompatibilidade alélica A autoincompatibilidade é um mecanismo reprodutivo presente na maioria das angiospermas para evitar a autogamia e promover a alogamia, desta forma contribuindo para a manutenção e aumento da diversidade genética (SCHIFINO-WITTMANN;DALL'AGNOL, 2002;XUE, 2009;BANDEIRA et al, 2011). Esse mecanismo é uma das principais barreiras reprodutivas para programas de melhoramento genético que buscam a obtenção de novos cultivares (BANDEIRA et al, 2011).…”
Section: Introductionunclassified
“…Isso teria acontecido se sua evolução não tivesse sido acompanhada de mecanismos que impedissem a autofertilização.Vários mecanismos estruturais e/ou fisiológicos foram desenvolvidos pelas plantas para favorecer a alogamia e evitar a autopolinização. Entre esses a autoincompatibilidade é considerada o mecanismo mais eficiente, pois nesse, não há desperdíçio de esforço reprodutivo, uma vez que os gametas são viáveis e há formação de sementes em todas as plantas(SCHIFINO-WITTMAN;AGNOL, 2002;TABAH, 2003)…”
unclassified