2012
DOI: 10.4136/ambi-agua.872
|View full text |Cite
|
Sign up to set email alerts
|

Adequacao e avaliacao da aplicabilidade de um Protocolo de Avaliação Rápida na bacia do rio Gualaxo do Norte, Leste-Sudeste do Quadrilatero Ferrifero, MG, Brasil

Abstract: RESUMONo presente estudo, adaptou-se um PAR para avaliar as condições ambientais do rio Gualaxo do Norte, Leste-Sudeste do Quadrilátero Ferrífero, MG, Brasil. Em seguida o PAR foi aplicado em 31 trechos ao longo do seu curso e, posteriormente, avaliou-se a aplicabilidade/viabilidade do instrumento adaptado utilizando-se informações científicas sobre o histórico e o atual uso e ocupação da bacia do rio Gualaxo do Norte. Os resultados demonstraram que o PAR adaptado foi eficiente na avaliação das condições ambie… Show more

Help me understand this report

Search citation statements

Order By: Relevance

Paper Sections

Select...
2
1
1

Citation Types

0
3
0
5

Year Published

2012
2012
2021
2021

Publication Types

Select...
6
2

Relationship

0
8

Authors

Journals

citations
Cited by 12 publications
(8 citation statements)
references
References 4 publications
0
3
0
5
Order By: Relevance
“…Partindo de tal premissa, um instrumento possível de ser utilizado como ferramenta complementar no monitoramento dos recursos hídricos, são os Protocolos de Avaliação Rápida de Rios (PARs), os quais tem a proposta de avaliar, de forma integrada, parâmetros que determinam a qualidade dos condicionantes físicos dos rios (RODRIGUES;CASTRO, 2008a). Por definição, os PARs são ferramentas que reúnem procedimentos metodológicos aplicáveis à avaliação rápida, qualitativa e semi-quantitativa, de um conjunto de variáveis representativas dos principais componentes e fatores que condicionam e controlam os processos e funções ecológicas dos sistemas fluviais (CALLISTO et al, 2002, RODRIGUES;CASTRO, 2008).…”
Section: Revisão Da Literaturaunclassified
“…Partindo de tal premissa, um instrumento possível de ser utilizado como ferramenta complementar no monitoramento dos recursos hídricos, são os Protocolos de Avaliação Rápida de Rios (PARs), os quais tem a proposta de avaliar, de forma integrada, parâmetros que determinam a qualidade dos condicionantes físicos dos rios (RODRIGUES;CASTRO, 2008a). Por definição, os PARs são ferramentas que reúnem procedimentos metodológicos aplicáveis à avaliação rápida, qualitativa e semi-quantitativa, de um conjunto de variáveis representativas dos principais componentes e fatores que condicionam e controlam os processos e funções ecológicas dos sistemas fluviais (CALLISTO et al, 2002, RODRIGUES;CASTRO, 2008).…”
Section: Revisão Da Literaturaunclassified
“…Do ponto de vista da conservação dos recursos hídricos, pode-se dizer que atualmente é indiscutível a importância do monitoramento e avaliação ambiental desses recursos, sobretudo quando se considera que a demanda e a oferta desses está cada vez mais comprometida em função das atividades poluidoras diversas. A grande quantidade de estudos sobre avaliação e monitoramento desses recursos, em diferentes contextos regionais, revela a importância que tem sido dada a essa temática (Farias et al, 2011;Vargas e Ferreira Júnior, 2012;Baldissera et al, 2011;Guedes et al, 2012;Pereira et al, 2012, Firmino et al, 2011Rodrigues et al, 2012;Bailly et al, 2012). Porém, esses estudos têm focado análises mais técnicas, com destaque para avaliações dos parâmetros físico-químicos e microbiológicos da água, com pouca atenção aos fatores físicos condicionantes da qualidade do ecossistema fluvial, bem como aos aspectos sociais e à inserção da comunidade nessas avaliações.…”
Section: Questões Comentáriosunclassified
“…No Brasil, vários estudos têm utilizado os PARs como instrumentos de avaliação da estrutura física e do funcionamento dos ecossistemas fluviais, como pode ser observado nos trabalhos de Minatti-Ferreira e Beaumord (2004Beaumord ( , 2006, Xavier e Teixeira (2007), Dillenburg (2007), Rodrigues et al (2008), Bergmann e Pedrozo (2008), Pimenta et al (2009), Padovesi-Fonseca et al (2010), Krupek (2010), Firmino et al (2011), Lobo et al (2011), Vargas e Ferreira Júnior (2012), Rodrigues et al (2012), dentre outros.…”
Section: Introductionunclassified
“…A avaliação ambiental dos rios, como ferramenta de monitoramento destes ecossistemas, fornece subsídios importantes para uma análise integrada da qualidade dos mesmos (RODRIGUES et al, 2012). É de suma importância realizar estudos e acompanhamento do Rio Piumhi, já que o mesmo sofreu transposição das águas mudando completamente suas características, como resultado o desaparecimento do Pântano do Cururu 3 , que existia anteriormente no local; as mudanças na ocupação do solo e até mesmo a alteração de sua bacia hidrográfica.…”
Section: Introductionunclassified
“…, E. S.; VELOSO, J. H. P.; ROSSONI, H. A. V. Aplicação do protocolo de avaliação rápida (par) na caracterização da qualidade ambiental de trechos do Rio Piumhi, Minas Gerais -Brasil.As análises foram realizadas in loco, nos meses de julho a setembro de 2020, marcado na região pelo período de estiagem. De acordo comRodrigues et al (2012), se a aplicação do PAR for feita em época de chuvas, mesmo naqueles trechos onde a profundidade é menor e que o leito do rio é evidente, a visibilidade do leito do rio será prejudicada, portanto sugere-se que a aplicação do PAR seja realizada no período de estiagem. Por meio da Tabela 2, é possível observar as normais climatológicas calculadas a partir de uma série de dados de 30 anos observados, sendo o período de maio a setembro com menor precipitação no Município de Piumhi.Foi utilizado um aparelho GPS Garmin Dakota 20 para marcar as coordenadas de cada local.…”
unclassified