volume 34, issue 124, P787-802 2013
DOI: 10.1590/s0101-73302013000300008
View full text
|
Sign up to set email alerts
|
Share

Abstract: RESUMO:O artigo analisa as relações intergovernamentais, o conceito de equalização (próprio ao federalismo de matriz cooperativa) e suas relações com o regime de colaboração, bem como os contornos recentes que as ações e proposições sobre o regime de colaboração para a educação vêm assumindo no Brasil. O percurso analítico indica que há -além da permanência do forte poder indutor da União na defi nição de formas de colaboração para a educação e da relação que este ente federado estabelece diretamente com os m…

Expand abstract

Search citation statements

Order By: Relevance

Citation Types

0
0
0
2

Paper Sections

0
0
0
0
0

Publication Types

0
0
0
0

Relationship

0
0

Authors

Journals