volume 31, issue 113, P1381-1416 2010
DOI: 10.1590/s0101-73302010000400017
View full text
|
Sign up to set email alerts
|
Share

Abstract: RESUMO: O texto destaca como as políticas educacionais têm sido instigadas pelas tentativas de corrigir as desigualdades. Entretanto, ao centrarem-se nas desigualdades intraescolares, as políticas e suas análises se empobrecem. Mas se enriquecem na medida em que avançam na compreensão dos processos históricos de produção-reprodução das desigualdades sociais. O texto se defronta com uma indagação: que mudanças na formulação e nas análises de políticas quando as desigualdades revelam uma nova qualidade? Quando …

Expand abstract