volume 27, issue 95, P541-551 2006
DOI: 10.1590/s0101-73302006000200011
View full text
|
Sign up to set email alerts
|
Share

Abstract: RESUMO:Partindo do paradigma do pensador Walter Benjamin, um dos mais proeminentes do século XX, cujo materialismo evoca a categoria da infância desvinculada da ótica ideológica de uma visão complacente, este trabalho busca capturar o pensar sobre tal experiência por intermédio da leitura e da subseqüente discussão sobre textos de cerca de 80 anos, os quais surpreendem pela sua contemporaneidade. Assim, o presente trabalho inicia-se de uma reflexão crítica sobre a infância oriunda da leitura dos luminosos tex…

Expand abstract