volume 37, issue 9, P971-976 2017
DOI: 10.1590/s0100-736x2017000900012
View full text
|
|
Share

Abstract: RESUMO.-O objetivo deste estudo foi apresentar dados epidemiológicos, clínicos e anatomopatológicos de cinco cães com neuromiopatia isquêmica secundária a trombose ou tromboembolismo aórtico. Os cães eram fêmeas, com idade ≥11 anos, que apresentavam paraplegia (80%) ou monoplegia (20%) de membro pélvico. Em 40% dos casos (n=2) foi relatada claudicação previamente à disfunção motora. Os principais achados clínicos foram ausência de pulso femoral uni ou bilateral, extremidade de membros pélvicos frias, dor musc…

Expand abstract