2002
DOI: 10.1590/s0102-79722002000100018
|View full text |Cite
|
Sign up to set email alerts
|

Um estudo sobre as formas de preconceito contra homossexuais na perspectiva das representações sociais

Abstract: ResumoEste artigo analisa, na perspectiva das representações sociais, as formas como estudantes universitários expressam o preconceito contra homossexuais e a relação desse preconceito com as explicações da homossexualidade. Para tanto, aplicaram-se questionários a 220 alunos de uma universidade pública da cidade de João Pessoa. Os resultados permitiram classificar os estudantes em uma tipologia composta por três grupos de indivíduos: preconceituosos flagrantes, preconceituosos sutis e não preconceituosos. A a… Show more

Help me understand this report

Search citation statements

Order By: Relevance

Paper Sections

Select...
3

Citation Types

4
27
0
138

Year Published

2007
2007
2023
2023

Publication Types

Select...
5
1

Relationship

2
4

Authors

Journals

citations
Cited by 86 publications
(170 citation statements)
references
References 58 publications
(51 reference statements)
4
27
0
138
Order By: Relevance
“…A escala de preconceito foi proposta por Lacerda et al (2002) para medir a rejeição a relações de proximidade e a expressão de emoções positivas e negativas em relação aos homossexuais. Os itens de rejeição de proximidade são adaptações da sub-escala do preconceito Flagrante (ver Pettigrew & Meertens, 1995).…”
Section: Itens Da Escala De Crenças Sobre a Natureza Da Homossexualidadeunclassified
See 4 more Smart Citations
“…A escala de preconceito foi proposta por Lacerda et al (2002) para medir a rejeição a relações de proximidade e a expressão de emoções positivas e negativas em relação aos homossexuais. Os itens de rejeição de proximidade são adaptações da sub-escala do preconceito Flagrante (ver Pettigrew & Meertens, 1995).…”
Section: Itens Da Escala De Crenças Sobre a Natureza Da Homossexualidadeunclassified
“…Os itens de expressão de emoções foram retirados de uma lista de emoções positivas e negativas elaborada por Dijker (1989) para analisar as dimensões afectivas envolvidas no preconceito. A escala proposta por Lacerda et al (2002) contém cinco emoções negativas e cinco positivas (ver novamente Tabela 2). A tarefa dos participantes foi indicar a frequência com que sentem cada emoção em relação a homossexuais (1=nunca; 7=muito frequentemente).…”
Section: Itens Da Escala De Crenças Sobre a Natureza Da Homossexualidadeunclassified
See 3 more Smart Citations