1988
DOI: 10.1590/s0037-86821988000200009 View full text |Buy / Rent full text
|
|

Abstract: Seis pacientes esquistossomóticos procuraram o Serviço de Doenças Infecciosas, da Universidade deBrasília, por apresentarem febre de longa duração e anemia. Um tinha a forma hepatointestinal e cinco a fornia hepatoesplênica. Cinco eram do sexo mascu lino e um do feminino, com idade variando de 14 a 56 anos (Tabela 1). Todos procediam de área endêmica de esquistossomose, na Bahia, e o diagnóstico da doença foi feito com base no achado de ovos viáveis de Schistosoma mansoni nas fezes. Dois deles foram objeto de … Show more

Help me understand this report

This publication either has no citations yet, or we are still processing them

Set email alert for when this publication receives citations?

See others like this or search for similar articles