2019
DOI: 10.31011/reaid-2019-v.89-n.27-art.61
|View full text |Cite
|
Sign up to set email alerts
|

Segurança do Paciente e Medidas de Prevenção de Infecção do Trato Urinário Relacionados ao Cateterismo Vesical de Demora

Abstract: O uso do cateterismo vesical de demora é considerado o maior condutor das Infecções do Trato Urinário, apresentando uma taxa em torno de 80% e responsável por 35% a 45% de todas as infecções adquiridas no hospital. O enfermeiro é o protagonista na elaboração, no acompanhamento, no controle e nos resultados, garantindo que todos os processos sejam executados de maneira segura, contribuindo para prevenção de infecções. OBJETIVOS: analisar as produções científicas sobre a adoção de práticas de segurança dos pacie… Show more

Help me understand this report

Search citation statements

Order By: Relevance

Paper Sections

Select...
1
1

Citation Types

0
0
0
2

Year Published

2022
2022
2023
2023

Publication Types

Select...
2

Relationship

0
2

Authors

Journals

citations
Cited by 2 publications
(2 citation statements)
references
References 12 publications
0
0
0
2
Order By: Relevance
“…Foi observado que a maioria dos participantes apresentou um alto nível de resiliência, o que pode estar relacionado ao fato de serem idosos, haja vista que, em detrimento de sua experiência passada, teriam vivenciado um maior número de eventos de risco e elaboraram estratégias de enfrentamento eficazes ao longo do tempo (Doreste et al, 2019;Health Quality Ontario, 2019;Mota & Oliveira, 2019).…”
Section: Discussionunclassified
“…Foi observado que a maioria dos participantes apresentou um alto nível de resiliência, o que pode estar relacionado ao fato de serem idosos, haja vista que, em detrimento de sua experiência passada, teriam vivenciado um maior número de eventos de risco e elaboraram estratégias de enfrentamento eficazes ao longo do tempo (Doreste et al, 2019;Health Quality Ontario, 2019;Mota & Oliveira, 2019).…”
Section: Discussionunclassified
“…De acordo com Doreste et al (2019) a enfermeira desempenha um papel imprescindível na assistência de enfermagem em relação às eliminações urinárias, desenvolvendo ações que vão desde a promoção da saúde, aos cuidados agudos. Segundo a Lei nº 7.498/1986, que dispõe sobre o Exercício Profissional da Enfermagem, cabe a enfermeira a responsabilidade de instalação do CVD e aos cuidados de enfermagem de maior complexidade técnica, que exijam conhecimentos de base científica e capacidade de tomar decisões imediatas (BRASIL, Lei nº 7.498/1986).…”
Section: Referencial Teóricounclassified