2011
DOI: 10.1590/s0102-311x2011000900015
|View full text |Cite
|
Sign up to set email alerts
|

Prevalence of falls in elderly in Brazil: a countrywide analysis

Abstract: We conducted a cross-sectional study of a sample of 6,616

Help me understand this report

Search citation statements

Order By: Relevance

Paper Sections

Select...
3
2

Citation Types

14
78
5
71

Year Published

2012
2012
2022
2022

Publication Types

Select...
5
4

Relationship

0
9

Authors

Journals

citations
Cited by 136 publications
(168 citation statements)
references
References 16 publications
14
78
5
71
Order By: Relevance
“…Considerando estudos sobre quedas em idosos viúvos, dos que caíram, 45% 17 residiam em Juiz de Fora-MG e 44,8% 30 em Pelotas-RS. Segundo Siqueira et al, 7 o fato de morar sozinho, que ocorre com maior frequência nessa condição, poderia delegar ao idoso tarefas que, associadas à instabilidade postural, causariam maior número de situações de risco para quedas.…”
Section: Discussionunclassified
See 1 more Smart Citation
“…Considerando estudos sobre quedas em idosos viúvos, dos que caíram, 45% 17 residiam em Juiz de Fora-MG e 44,8% 30 em Pelotas-RS. Segundo Siqueira et al, 7 o fato de morar sozinho, que ocorre com maior frequência nessa condição, poderia delegar ao idoso tarefas que, associadas à instabilidade postural, causariam maior número de situações de risco para quedas.…”
Section: Discussionunclassified
“…Isso ocorre porque o RS é um dos estados com maior índice de desenvolvimento humano, maior expectativa de vida e de proporção de idosos na população. 6 Vários estudos nacionais 7,8 e internacionais 9,10 citam as quedas como importante causa de mortalidade, morbidade e incapacitações entre a população idosa. A queda pode ser definida como um evento não intencional que tem como resultado a mudança da posição inicial do indivíduo para um mesmo nível ou nível mais baixo.…”
Section: Introductionunclassified
“…Sex categories were analyzed separately due to large differences in aging between men and women, particularly with regard to body composition and lean body mass. Previous studies indicate significant differences in the prevalence of falls in both sexes, with higher chances for older women 16,17 . Data obtained in this study are slightly lower than epidemiological population-based designs with prevalence of falls ranging from 28 to 42% 5,6 possibly due to a more pronounced muscle mass loss.…”
Section: Discussionmentioning
confidence: 97%
“…Dentre elas, a frequên-cia de fraturas osteoporóticas é maior por causa do tamanho de seus ossos, que são menores do que os masculinos, além da diminuição dos hormônios gonadais com o avançar da idade, levando à perda da massa esquelética feminina mais pronunciada do que nos homens 37 . Em estudo transversal 38 , realizado em 100 municipios brasileiros, com 6.616 idosos, 27,6% (n = 1.826) deles relataram ter sofrido queda no último ano, e 11% tiveram fratura; 59% desses sujeitos eram mulheres. Noutro estudo brasileiro transversal 13 (12,1%).…”
Section: Discussionunclassified