2018
DOI: 10.1016/j.rbce.2018.11.001
View full text
|
Sign up to set email alerts
|
Share

Abstract: O artigo objetiva compreender os significados das práticas corporais no tempo do lazer em uma comunidade de pescadores (Cumbe/Aracati-CE/Brasil). A pesquisa de orientação etnográfica teve como procedimentos a observação participante e a entrevista compreensiva. O quadro teórico é constituído por autores da educação física e da sociologia do cotidiano. Os resultados apontam que: o tempo do lazer comunitário constitui-se por um conjunto de práticas corporais compreendidas no hábito de ir ao rio. O "cumê no mato"…

Expand abstract