2009
DOI: 10.1590/s0103-56652009000100014
View full text
|
|

Abstract: RESENHA DE:Ramos, E. (2006). L'invention des origines: sociologie de l'ancrage identitaire. Paris: Armand Colin, 220 páginas. Na chamada segunda modernidade, é cada vez maior uma necessidade de mobilidades, físicas ou virtuais, dos indivíduos. Nelas edificam-se as sociedades comumente qualificadas de "líquidas". Neste contexto, vem se questionando muito a respeito de como são os vínculos estabelecidos entre as pessoas. Erroneamente, tem sido considerado que elas sonham com um mundo sem consistência e detestam … Show more

Help me understand this page

Search citation statements

Order By: Relevance

Paper Sections

0
0
0
0
0

Citation Types

0
0
0

Publication Types

Select...

Relationship

0
0

Authors

Journals