2008
DOI: 10.1590/s0102-01882008000100003 View full text |Buy / Rent full text
|
|

Abstract: Costa Rego foi um dos mais respeitados jornalistas do seu tempo, atuando no principal jornal do país, o Correio da Manhã. Neste artigo acompanho detidamente a análise do jornalista sobre a atuação da Constituinte de 1934 e seus desdobramentos. O jornalista contestou, com obstinação, a anulação de sua própria experiência como homem público, ao defender o projeto liberal como opção política para o Brasil, após a revolução de 1930.

Help me understand this report

Search citation statements

Order By: Relevance
0
0
0
0
0
0
0
0

Publication Types

Select...

Relationship

0
0

Authors

Journals