2009
DOI: 10.1590/s0101-33002009000200012
View full text
|
|
Share

Abstract: Este ensaio se ocupa principalmente do exame dos aspectos metodológicos da concepção de historiografia materialista de Benjamin, a que eu chamo de crítica da cultura (Kulturkritik). Com a noção de Kulturkritik, quero distinguir a análise de Benjamin de "teorias" da cultura e ressaltar sua preocupação crítica com o conceito de "cultura". Ao fazê-lo, quero explicitar os imperativos metodológicos do exame da modernidade como espetáculo. Ainda, também procuro mostrar que a crítica da cultura de Benjamin é signific…

Expand abstract

Search citation statements

Order By: Relevance

Paper Sections

0
0
0
0
0

Citation Types

0
0
0
4

Publication Types

Select...

Relationship

0
0

Authors

Journals