2008
DOI: 10.1590/s0101-81752008000200007
| View full text |Cite
|
Sign up to set email alerts
|

Abstract: A population of the black-eared opossum, Didelphis aurita Wied-Neuwied 1826, was studied during 1997-2006 by capture-mark-recapture in the Atlantic Forest in the state of Rio de Janeiro. Cohorts were established with females marked still in the pouch, classified into five age classes. Population parameters were estimated using life tables. Survival was type III and mortality was greatest in age classes I and II, just after weaning. Fecundity was inversely correlated with survival, reproductive value was invers… Show more

Help me understand this report

Search citation statements

Order By: Relevance

Paper Sections

Select...
3
1
1

Citation Types

3
15
0
13

Year Published

2016
2016
2023
2023

Publication Types

Select...
5
1
1

Relationship

0
7

Authors

Journals

citations
Cited by 33 publications
(31 citation statements)
references
References 39 publications
3
15
0
13
Order By: Relevance
“…Entretando, embora oito recapturas de quatro indivíduos tenham sido feitas, nenhum indivíduo foi registrado em duas áreas ou em campanhas diferentes, mesmo não sendo raros, estudos que registrem grandes movimentações ou acompanhamento de mais de um ano para indivíduos de D. aurita (ex. : Cáceres & Monteiro-Filho, 2001;Cáceres, 2003;Kajin et al, 2008).…”
Section: Ordem Didelphimorphiaunclassified
“…Entretando, embora oito recapturas de quatro indivíduos tenham sido feitas, nenhum indivíduo foi registrado em duas áreas ou em campanhas diferentes, mesmo não sendo raros, estudos que registrem grandes movimentações ou acompanhamento de mais de um ano para indivíduos de D. aurita (ex. : Cáceres & Monteiro-Filho, 2001;Cáceres, 2003;Kajin et al, 2008).…”
Section: Ordem Didelphimorphiaunclassified
“…Inclusive, pode ser mais freqüente em fragmentos do que em florestas contínuas ), e mais comum em fragmentos pequenos e médios do que em fragmentos grandes (Fonseca e Robinson 1990). Tente a ser mais abundante em áreas fragmentadas ou perturbadas, especialmente sem grandes predadores (D'Andrea et al 1999, Kajin et al 2008, Espartosa 2009. No Planalto também já foi capturada em áreas de vegetação nativa e em uma plantação de eucalipto (Conrado 2008).…”
Section: Caracterização Do Uso De Habitats No Planalto Atlântico De Sunclassified
“…A reprodução pode ocorrer ao longo de todo o ano, como no Planalto Atlântico de São Paulo (Gaspar 2005), mas geralmente é concentrado de julho/agosto até fevereiro/março/abril em várias populações (D'Andrea et al 1999, Gentile et al 2000, Graipel e Santos-Filho 2006, D'Andrea et al 2007, Kajin et al 2008. As fêmeas começam a se reproduzir com aproximadamente cinco meses de idade , Kajin et al 2008, as fêmeas nascidas em um período reprodutivo já podem se reproduzir no seguinte ), e podem ocorrer pelo menos duas ninhadas por período reprodutivo para uma mesma fêmea (D'Andrea et al 1999, Graipel e Santos-Filho 2006, Kajin et al 2008.…”
Section: Reproduçãounclassified
See 2 more Smart Citations