2018
DOI: 10.1590/0102-311x00100917
| View full text |Cite
|
Sign up to set email alerts
|

Abstract: In recent years, drug poisoning and adverse reactions have been an important cause of hospitalization and mortality and a major public health issue. The aim of this study was to describe trends in hospitalizations and deaths from drug poisoning and adverse reactions from 2000 to 2014. Data were from the Mortality Information System (SIM) and Information System on Authorizations for Hospital Admissions of the Brazilian Unified National Health System (SIH-SUS), and the study population was analyzed by sex, regio… Show more

Help me understand this report

Search citation statements

Order By: Relevance

Paper Sections

Select...
2

Citation Types

1
2
0
23

Year Published

2020
2020
2022
2022

Publication Types

Select...
8

Relationship

0
8

Authors

Journals

citations
Cited by 34 publications
(26 citation statements)
references
References 27 publications
1
2
0
23
Order By: Relevance
“…Considerando internações relacionadas às classes terapêuticas que tiveram óbitos registrados, as taxas de letalidade foram de 20,0% para intoxicações causadas por Analépticos e antagonistas dos receptores dos opiáceos, 0,87% para Antibióticos sistêmicos e de 0,29% para antiepilépticos, sedativo-hipnóticos e antiparkinsonianos (Tabela 2). Estes dados divergem de um estudo 16 em que a classe de fármacos não especificados (X44) foi a principal causa de óbito em crianças de 0 a 4 anos, correspondendo a 32,2%.…”
Section: Resultsunclassified
See 1 more Smart Citation
“…Considerando internações relacionadas às classes terapêuticas que tiveram óbitos registrados, as taxas de letalidade foram de 20,0% para intoxicações causadas por Analépticos e antagonistas dos receptores dos opiáceos, 0,87% para Antibióticos sistêmicos e de 0,29% para antiepilépticos, sedativo-hipnóticos e antiparkinsonianos (Tabela 2). Estes dados divergem de um estudo 16 em que a classe de fármacos não especificados (X44) foi a principal causa de óbito em crianças de 0 a 4 anos, correspondendo a 32,2%.…”
Section: Resultsunclassified
“…São poucos estudos prévios sobre este tema que tenham utilizado o SIH-SUS, dificultando a comparação entre os resultados obtidos 16 . Para o estado de Minas Gerais não foram encontrados outros estudos de abordagem semelhante para fins de comparação, entretanto, em outros estados e para o Brasil como um todo, houve alguns estudos que puderam ser utilizados para este fim.…”
Section: Resultsunclassified
“…A elevada incidência de morbimortalidade relacionada ao uso incorreto de medicamentos tornou-se um relevante problema de saúde pública, demonstrando a necessidade de uma reorganização, de um melhor gerenciamento das terapias medicamentosas e da promoção do uso racional de medicamentos nos serviços de saúde BOING, 2018;MOTA et al, 2020).…”
unclassified
“…. No Brasil, as causas externas ocupam a segunda posição na estatística de mortalidade, dentre essas causas externas, inclui-se a intoxicação causada de maneira proeminente por medicamentos (BOCHNER;FREIRE, 2020;BOING, 2018). A atuação estratégica do farmacêutico nos serviços de saúde, com uma abordagem eficaz e escalonável, pode fornecer resultados clínicos significativos; melhorar as condições de saúde dos pacientes e a adesão das farmacoterapias; reduzir morbimortalidade e problemas relacionados ao uso incorreto de medicamentos; mitigar custos diretos e indiretos para os sistemas de saúde, e otimizar o gerenciamento das terapias medicamentosas (BARBERATO;SCHERER;LACOURT, 2019;FERREIRA;MELO, 2016;LANSING et al, 2017;WATANABE;MCINNIS;HIRSCH, 2018).…”
unclassified