2019
DOI: 10.1590/2175-7860201970052
View full text |Buy / Rent full text
|
Sign up to set email alerts
|

Abstract: The phytoplankton community is the first link in the aquatic trophic chain and knowledge of its composition is an important tool for ecological characterization; including as potential indicator of anthropic impacts. The southern coast of Bahia is one of the best preserved parts of the Brazilian coast, however, little is known about its biodiversity, especially on marine phycoflora. With the objective of characterizing the composition of microphytoplankton (> 20 µm) in this region, samples were collected by… Show more

Help me understand this report

Search citation statements

Order By: Relevance

Paper Sections

Select...
1
1

Citation Types

0
0
0
2

Publication Types

Select...
1

Relationship

0
1

Authors

Journals

citations
Cited by 1 publication
(2 citation statements)
references
References 14 publications
(2 reference statements)
0
0
0
2
Order By: Relevance
“…As maiores concentrações de clorofila-a menor que 20 µm foram encontradas na superfície em campanhas feitas após a passagem de frentes frias e em períodos frios. Note que esta fração de tamanho de clorofila-a foi dominante em Ubatuba, mesmo em menores profundidades, se beneficiando de ambientes com menor contribuição de aportes continentais (Villac e Tennenbaum, 2010;Odebrecht et al, 2018;Affe et al, 2019;Litchman et al, 2007;Simon et al, 2009;Cloern et al, 2017;Peres, 2013). Estatisticamente, quando são consideradas todas as campanhas, há diferenças significativas das frações de clorofila-a total e menor que 20 µm nas estações mais profundas e mais próximas da costa.…”
Section: Discussionunclassified
“…Assim, o tamanho celular do fitoplâncton se revela como um traço funcional importante para as comunidades fitoplanctônicas destas regiões costeiras do sudeste brasileiro, porém, são ainda poucos os estudos realizados em outros pontos da costa. Affe et al (2019) definiram traços funcionais baseados na morfologia e características fisiológicas do fitoplâncton marinho de um estuário tropical (Camamu/Boipeba) forçado por maré, para caracterizar a comunidade em ambientes altamente dinâmicos, e descreveram que diferentes espécies de fitoplâncton compartilham traços e tolerâncias ecológicas semelhantes, sendo selecionados por filtros ambientais e competição de recursos. Estudos de traços funcionais do fitoplâncton podem auxiliar no monitoramento de florações de algas potencialmente nocivas (FANs), causadoras de prejuízos econômicos e de saúde humana (Castro et al, 2016, Mafra Jr. et al, 2019.…”
Section: Agradecimentosunclassified