2019
DOI: 10.5123/s1679-49742019000200011
View full text |Buy / Rent full text
|
Sign up to set email alerts
|

Abstract: Objective: to describe the prevalence of noncommunicable diseases (NCDs), long term (current) drug therapy, blood pressure levels and capillary glycemia among a nursing team at a charitable hospital in Pelotas/RS. Methods: This was a cross-sectional study. The questions were adapted from the Vigitel system questionnaire (Telephone Surveillance of Chronic Disease Risk and Protection Factors). All participants had their blood pressure and blood glucose measured. Results: Of the 272 staff assessed, 29.4% reported… Show more

Help me understand this report

Search citation statements

Order By: Relevance

Paper Sections

Select...
2
1
1
1

Citation Types

0
0
0
15

Year Published

2020
2020
2021
2021

Publication Types

Select...
3

Relationship

0
3

Authors

Journals

citations
Cited by 10 publications
(36 citation statements)
references
References 20 publications
(36 reference statements)
0
0
0
15
Order By: Relevance
“…Apesar do predomínio feminino, a partir da década de 1990 ocorreu uma tendência de crescente presença masculina nas equipes (Machado et al, 2015). Os resultados obtidos corroboram com os encontrados na literatura, de que a enfermagem é exercida, em sua maioria, por mulheres (De Lima et al, 2013;Domingues et al, 2019).…”
Section: Características Sociodemográficasunclassified
See 2 more Smart Citations
“…Apesar do predomínio feminino, a partir da década de 1990 ocorreu uma tendência de crescente presença masculina nas equipes (Machado et al, 2015). Os resultados obtidos corroboram com os encontrados na literatura, de que a enfermagem é exercida, em sua maioria, por mulheres (De Lima et al, 2013;Domingues et al, 2019).…”
Section: Características Sociodemográficasunclassified
“…As extensas e exaustivas jornadas de trabalho contribuem para a diminuição do autocuidado dos profissionais de enfermagem, uma vez que restringem a sua disponibilidade para usufruir de atividades de lazer/ descanso, praticar atividades físicas, assim como de uma alimentação equilibrada. É importante ressaltar que estudos identificaram outros fatores favoráveis para o desencadeamento das DCNT, como: recursos inadequados, baixo poder de decisão, falta de reconhecimento de seu trabalho, remuneração insuficiente, sobrecarga de trabalho ao desempenhar vários papéis e funções, assim como o tempo e a qualidade do sono (Domingues et al, 2019). Research, Society and Development, v. 10, n. 10, e167101017523, 2021 (CC BY 4.…”
Section: Ocorrência De Dcnt E Associação Com Os Fatores De Riscounclassified
See 1 more Smart Citation
“…Alguns fatores são favoráveis para o desencadeamento de doenças em profissionais de enfermagem: a sobrecarga de trabalho, dificuldade em delimitar papéis e funções entre esses profissionais, problemas nas relações interpessoais, além da falta de reconhecimento no seu trabalho. A potencialização de fatores como esses, resulta na maior possibilidade de falha no autocuidado (DOMINGUES JG, et al, 2019). No entanto, o estresse acomete o enfermeiro de forma tão avassaladora que o leva a utilizar psicofármacos, numa forma de aliviar as tensões diárias, o estresse é ser caracterizado como um desgaste do organismo, relacionado a situações onde o indivíduo é forçado ao limite, causando irritação e negação.…”
Section: Introductionunclassified
“…As doenças crônicas não transmissíveis (DCNT), relacionadas aos determinantes biológico, sociais e ambientais; a exemplo da diabetes tipo 2, obesidade, hipertensão arterial e dislipidemias, constituem-se como graves complicações, que influenciam no quadro de morbimortalidade e na qualidade de vida das pessoas acometidas, potencializando o risco de morte prematura e implicações econômicas às famílias, comunidades e sociedade de forma geral (MALTAI DC e SILVA MM, 2018; DOMINGUES JG, et al, 2019). Todavia, as DCNT atingem, com maior intensidade, os pertencentes a grupos vulneráveis de baixa renda e escolaridade, provocando incapacidades, limitações e redução da força produtiva, o qual contribui ainda mais para pobreza aos acometidos (DOMINGUES JG, et al, 2019).…”
Section: Introductionunclassified