2005
DOI: 10.1590/s1516-35982005000600010
| View full text |Cite
|
Sign up to set email alerts
|

Abstract: Este trabalho foi desenvolvido com o objetivo de analisar aspectos fenológicos e produtivos de leguminosas nativas (Adesmia latifolia, A. tristis) e exóticas (Lotus corniculatus, L. uliginosus, Trifolium repens), em função do estádio fenológico no primeiro corte: vegetativo (CEV) e florescimento (CEF). As plantas foram estabelecidas em monocultura, no campo, e avaliadas entre maio/2000 e setembro/2001, em Passo Fundo, Rio Grande do Sul. Após o primeiro corte, as plantas foram desfolhadas em intervalos de 45 di… Show more

Help me understand this report

Search citation statements

Order By: Relevance

Paper Sections

Select...
3
1
1

Citation Types

0
1
0
6

Year Published

2011
2011
2022
2022

Publication Types

Select...
6
1

Relationship

0
7

Authors

Journals

citations
Cited by 12 publications
(7 citation statements)
references
References 9 publications
0
1
0
6
Order By: Relevance
“…Com o trevo branco, observou-se um comportamento típico com ápice da produção de massa de forragem nos pastejos efetuados no início do período estival, verificando-se comprometimento dessa forrageira em épocas mais quentes, confirmando as avaliações efetuadas no Rio Grande do Sul por SCHEFFER- BASSO et al (2005).…”
Section: Resultsunclassified
See 1 more Smart Citation
“…Com o trevo branco, observou-se um comportamento típico com ápice da produção de massa de forragem nos pastejos efetuados no início do período estival, verificando-se comprometimento dessa forrageira em épocas mais quentes, confirmando as avaliações efetuadas no Rio Grande do Sul por SCHEFFER- BASSO et al (2005).…”
Section: Resultsunclassified
“…No entanto, em condições de clima subtropical, a persistência dessas leguminosas é comprometida pelo estabelecimento lento e dificuldades de manejo. A ocorrência de verões quentes e secos e de invernos rigorosos, com elevado número de geadas, pode comprometer o desenvolvimento do trevo branco e do amendoim forrageiro, respectivamente (SCHEFFER-BASSO et al, 2005;PERIN et al, 2000).…”
Section: Introductionunclassified
“…Ensaios com Lotus uliginosus cv Serrano em consorciação ainda são escassos, mas estudos de sua fisiologia tem indicado a necessidade de atenção no manejo aos aspectos vinculados aos locais de rebrota, aos níveis de reserva de glicídios e à tolerância ao frio que, além de afetarem seu desempenho, determinam sua persistência (Scheffer-Basso et al, 2005). Maroso et al (2007) verificaram que cultivares de Lotus sp são favorecidos em condições de manejo menos intenso e que possuem mecanismos compensatórios quando submetidos a cortes mais baixo (4 cm) desde que sob menor frequência (30 dias), ou corte mais frequente (15 dias), desde que menos intenso (8cm).…”
Section: Bunclassified
“…Juntamente com a A. tristis, a A. latifolia está entre as mais estudadas, porém os estudos sobre seu potencial forrageiro ainda estão na fase preliminar, com poucos dados sobre desempenho no campo [4]. Ao mesmo tempo, é relatada na literatura a escassez de estudos de nodulação simbiótica de espécies do gênero Adesmia, bem como de outras leguminosas nativas [5; 6].…”
Section: Introductionunclassified