2017
DOI: 10.22239/2317-269x.00802
|View full text |Cite
|
Sign up to set email alerts
|

Descarte de medicamentos em municípios do Vale do Jequitinhonha, Minas Gerais, Brasil

Help me understand this report

Search citation statements

Order By: Relevance

Paper Sections

Select...
2
1
1
1

Citation Types

0
1
0
7

Year Published

2018
2018
2023
2023

Publication Types

Select...
6

Relationship

0
6

Authors

Journals

citations
Cited by 7 publications
(8 citation statements)
references
References 21 publications
0
1
0
7
Order By: Relevance
“…No Brasil, não há política pública nacional que regulamente coleta e descarte domiciliar de RSS. A regulamentação acontece de forma isolada em alguns municípios e estados como Rio Grande de Sul, Amazonas, Paraíba, Mato Grosso, Acre e Paraná ou por meio de ações educativas e estratégias específicas como Programa Descarte Consciente Compartilhado entre empresas, consumidores e órgãos públicos, em que são estabelecidos postos de coleta para população descartar seus medicamentos (1,(27)(28)(29).…”
Section: % 17%unclassified
See 2 more Smart Citations
“…No Brasil, não há política pública nacional que regulamente coleta e descarte domiciliar de RSS. A regulamentação acontece de forma isolada em alguns municípios e estados como Rio Grande de Sul, Amazonas, Paraíba, Mato Grosso, Acre e Paraná ou por meio de ações educativas e estratégias específicas como Programa Descarte Consciente Compartilhado entre empresas, consumidores e órgãos públicos, em que são estabelecidos postos de coleta para população descartar seus medicamentos (1,(27)(28)(29).…”
Section: % 17%unclassified
“…O avanço da indústria farmacêutica proporcionou aumento na fabricação de medicamentos. Aliado a este fato, o amplo acesso a medicamentos e a cultura de automedicação contribuem para aumento do seu consumo e seu acúmulo em domicílio em todo o mundo, e, na maioria das vezes, depois de vencidos, são descartados de maneira inadequada, geralmente, no lixo comum (1)(2)(3). No Brasil, essa cultura influencia o surgimento de "farmacinhas caseiras", como são conhecidas, que, geralmente, contêm medicamentos reservados às emergências, vendidos sem prescrição e utilizados na prática de automedicação; mas também é comum conter sobras de medicamentos controlados que, provavelmente, não mais serão utilizados, mas que ficam guardados até expiração de seu prazo de validade (3,4).…”
Section: Introductionunclassified
See 1 more Smart Citation
“…However, there is no national public policy regulating the collection and the household disposal of pharmaceuticals. Such regulation is individually implemented by some cities and states, such as in Rio Grande de Sul (in the cities of Passo Fundo and Porto Alegre), Amazonas, Paraíba, Mato Grosso (in Cuiabá), Acre, and Paraná, or through educational actions and specific strategies, such as the Shared Conscious Disposal Program adopted by companies, consumers, and public agents that establish collection sites, where the population can discard medications [64][65][66] .…”
Section: Disposal Of Medicines At Homementioning
confidence: 99%
“…Ainda se investiga com os estudantes sobre a prática com os medicamentos vencidos em suas residências como apresentamos na Figura 4. Verificou-se que o lixo comum é a principal forma de descarte de medicamentos vencidos (56% dos participantes), contudo quando colocados no lixo estão trazendo riscos à saúde e ao ambiente, pois de acordo com Cruz, et al, (2017), estudos comprovam que mais de 200 produtos farmacêuticos foram identificados nos sistemas de água doce no mundo, podendo contribuir com o educação ambiental desenvolvimento da resistência antimicrobiana. Sendo que apenas um pequeno quantitativo procura dar um destino correto a estes materiais.…”
Section: Educação Ambientalunclassified