2019
DOI: 10.3895/rtr.v4n0.10418
View full text |Buy / Rent full text
|
Sign up to set email alerts
|

Abstract: A criação dos Cursos de Graduação em Saúde Coletiva, no Brasil, se deu em função da necessidade de antecipar a formação do profissional Sanitarista. Estudantes e egressos desses Cursos têm refletido sobre as possibilidades de inserção no mercado de trabalho, em quais espaços podem atuar e qual a situação profissional atual deles. Este estudo teve como objetivo identificar os locais de atuação no mercado de trabalho, as experiências profissionais, perspectivas e desafios dos egressos do Bacharelado em Saúde Col… Show more

Help me understand this report

This publication either has no citations yet, or we are still processing them

Set email alert for when this publication receives citations?

See others like this or search for similar articles