2014
DOI: 10.11606/issn.1676-6288.prolam.2014.88784
| View full text |Cite
|
Sign up to set email alerts
|

Abstract: Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro (RJ), Brasil resumo: O artigo pretende analisar a emergência das reformas econômicas aprovadas no 6º Congresso do Partido Comunista de Cuba em 2011. As recentes transformações no projeto socialista cubano apontam para uma maior liberalização da economia, sem abrir mão do planejamento e do controle estatal. Com o objetivo de compreender as razões dessas proposições, abordaremos alguns aspectos políticos e econômicos que conduziram a chamada "atualização d… Show more

Help me understand this report

Search citation statements

Order By: Relevance

Paper Sections

Select...
1

Citation Types

0
0
0
1

Year Published

2017
2017
2017
2017

Publication Types

Select...
1

Relationship

0
1

Authors

Journals

citations
Cited by 1 publication
(1 citation statement)
references
References 2 publications
0
0
0
1
Order By: Relevance
“…Os médicos cubanos participantes do Programa Mais Médicos, seja no Brasil ou em outros países, se comprometem a respeitar cláusula de confidencialidade a respeito de informações, normas e episódios relacionados à atividade profissional no âmbito do programa. Tal postura demanda naturalmente a consideração, em ordem ascendente de complexidade, de aspectos que vão desde a proposição inicial do programa, no que diz respeito à constituição de força-tarefa de médicos para expedições fora de Cuba, como tem sido o caso das missões cubanas à África, no contexto do combate ao vírus Ebola (Walter, Pontes, & Valle, 2014) até a consideração da natureza político-ideológica do regime cubano em sua feição atual (Brito, 2014). Há que se considerar, ainda, que o foco da presente pesquisa não eram as informações confidenciais do programa, mas a vivência (Veresov, 2014) e a experiência pessoal deles, no bojo de uma narrativa reflexiva sobre a trajetória migratória de cada um em contexto de globalização da prática da medicina.…”
Section: A Recusa De Autorização De Entrevistas Dos Médicos Cubanos Dunclassified
“…Os médicos cubanos participantes do Programa Mais Médicos, seja no Brasil ou em outros países, se comprometem a respeitar cláusula de confidencialidade a respeito de informações, normas e episódios relacionados à atividade profissional no âmbito do programa. Tal postura demanda naturalmente a consideração, em ordem ascendente de complexidade, de aspectos que vão desde a proposição inicial do programa, no que diz respeito à constituição de força-tarefa de médicos para expedições fora de Cuba, como tem sido o caso das missões cubanas à África, no contexto do combate ao vírus Ebola (Walter, Pontes, & Valle, 2014) até a consideração da natureza político-ideológica do regime cubano em sua feição atual (Brito, 2014). Há que se considerar, ainda, que o foco da presente pesquisa não eram as informações confidenciais do programa, mas a vivência (Veresov, 2014) e a experiência pessoal deles, no bojo de uma narrativa reflexiva sobre a trajetória migratória de cada um em contexto de globalização da prática da medicina.…”
Section: A Recusa De Autorização De Entrevistas Dos Médicos Cubanos Dunclassified