1990
DOI: 10.1590/s0004-282x1990000400001
| View full text |Cite
|
Sign up to set email alerts
|

Abstract: RESUMO -Os efeitos da desnutrição sobre o músculo «gastrccnemius plantaris» de ratos albinos, limitando-se à genitora a dieta em 6,7% de proteínas e aos seus produtos, em 3,2% após o desmame, foram observados em microscopia óptica e eletrônica e comparados com os controles. Os animais, em número de 40, foram distribuídos em grupo hipoproteico e normal, sendo a metade de cada grupo sacrificada aos 15 dias e a restante, após o desmame, aoa 30 dias. Observamos acentuada redução ponderai dos ratos com alimentação … Show more

Help me understand this report

Search citation statements

Order By: Relevance

Paper Sections

Select...
1
1
1
1

Citation Types

0
3
0
13

Year Published

2006
2006
2019
2019

Publication Types

Select...
7
1

Relationship

0
8

Authors

Journals

citations
Cited by 13 publications
(16 citation statements)
references
References 24 publications
(1 reference statement)
0
3
0
13
Order By: Relevance
“…Studies in rats, dogs and monkeys showed that protein restriction during pregnancy affects body weight and the number of muscle fibers of offspring (Nascimento et al, 1990;Oliveira et al, 1999;Nunes et al, 2002). In this study, animals began the period of malnutrition at 21 days of life, and after 45 days, they showed reduced food intake and body weight compared with the nourished group.…”
Section: Discussionmentioning
confidence: 60%
“…Studies in rats, dogs and monkeys showed that protein restriction during pregnancy affects body weight and the number of muscle fibers of offspring (Nascimento et al, 1990;Oliveira et al, 1999;Nunes et al, 2002). In this study, animals began the period of malnutrition at 21 days of life, and after 45 days, they showed reduced food intake and body weight compared with the nourished group.…”
Section: Discussionmentioning
confidence: 60%
“…2 According to the literature, there are two types of red fibers: those with slow contraction and oxidative metabolism (SO) and those with fast contracting and oxidative and glycolytic metabolism (FOG). 22 In this study, during the periods studied, the anterior tibial muscle proved to have an elevated proportion of red fibers, being greater in the MG.…”
Section: 517mentioning
confidence: 99%
“…Proteins are nutrients that are essential for cellular homeostasis and, if protein deficiency is accentuated and happens during pregnancy, known as prenatal malnutrition, then an imbalance will occur that causes changes to the tissues and structures of the organs, [1][2][3] such as low fetal weight and enzymatic and biochemical abnormalities. The effects of intrauterine malnutrition depend on the phase of development, and will be more intense and longer-lasting the earlier that malnutrition occurs and the later that nutritional recovery takes place.…”
Section: Introductionmentioning
confidence: 99%
“…Particularmente no músculo estriado esquelético, dentre as alterações morfológicas que a desnutrição pode determinar nos filhotes de diversas espécies animais, vários autores são unânimes em afirmar como a mais evidente a diminuição do diâmetro e do volume das fibras musculares, bem como retardo na maturação e desenvolvimento das fibras musculares (ROY et al, 1972;MAKI;CAMPOS, 1975;GOPINATH et al, 1983;HAJ et al, 1986;NASCIMENTO et al, 1990). Williams e Hughes (1978) delas em comparação com as demais (oxidativas e glicolíticas) foi maior em todos os grupos, não ocorrendo predominância entre eles (p<0,116).…”
Section: Causas Da Desnutrição Em Moçambiqueunclassified
“…Embora Montgomery (1962), Enesco e Puddy (1964) e Oliveira et al (1999) tenham determinado que os efeitos da desnutrição precoce no desenvolvimento muscular possam ser permanentes, dando suporte ao previamente reportado em estudos anteriores (MONTGOMERY, 1962;ROY et al, 1972;GOPINATH et al, 1983), nos quais adicionalmente foi demonstrado que em estados de desnutrição ocorre uma diminuição irreversível no número de fibras musculares, Oldfords e Sourander (1986) e Jahoor et al (2008) concluíram não haver danos irreversíveis nos músculos dos ratos com privação proteica, dando suporte aos achados anteriores de autores como de Sima (1974) Montgomery (1962), Enesco e Puddy (1964), Roy et al (1972), Maki e Campos (1975), Gopinath et al 1983, Haj et al (1986, Oldfords e Sourander (1986), Nascimento et al (1990) Tomando como base as informações acima, observou-se que as maiores alterações foram visualizadas nos animais do grupo D, onde além de espaços de perimísio aumentados em alguns locais estes estavam preenchidos por tecido conjuntivo que em determinadas regiões infiltrou-se entre células isoladas formando "ilhas" acompanhadas de células parecidas com macrófagos e ou microblastos sugestivos de processo inflamatório associado a atraso no desenvolvimento.…”
Section: áRea De Seção Transversa Das Fibras Musculares (Astf)unclassified