2012
DOI: 10.1590/s1516-18462012005000045
|View full text |Cite
|
Sign up to set email alerts
|

Condições de saúde bucal e acesso ao tratamento odontológico de pacientes com paralisia cerebral atendidos em um centro de referência do Nordeste - Brasil

Abstract: OBJETIVO: avaliar a ocorrência de cárie dentária e necessidades de tratamento em crianças com paralisia cerebral atendidas no setor de Odontologia de um centro de referência do Nordeste do Brasil (Associação À Criança Deficiente; Recife-Brasil); e conhecer suas principais dificuldades no acesso ao tratamento odontológico. MÉTODO: a amostra foi composta por livre demanda de 167 pacientes de seis a 12 anos. A experiência de cárie foi avaliada de acordo com os critérios da Organização Mundial de Saúde. RESULTADOS… Show more

Help me understand this report

Search citation statements

Order By: Relevance

Paper Sections

Select...
3
1
1

Citation Types

2
11
1
18

Year Published

2016
2016
2023
2023

Publication Types

Select...
8

Relationship

0
8

Authors

Journals

citations
Cited by 18 publications
(33 citation statements)
references
References 16 publications
(42 reference statements)
2
11
1
18
Order By: Relevance
“…Most children in this study were free of caries, corroborating the reports by Castilho and Marta and Resende et al. , whose samples demonstrated 42% and 67.4% of caries‐free individuals, respectively, although some studies showed a higher incidence of caries injuries in disabled patients …”
Section: Discussionsupporting
confidence: 92%
“…Most children in this study were free of caries, corroborating the reports by Castilho and Marta and Resende et al. , whose samples demonstrated 42% and 67.4% of caries‐free individuals, respectively, although some studies showed a higher incidence of caries injuries in disabled patients …”
Section: Discussionsupporting
confidence: 92%
“…Solo se solicitó atención odontológica al 28,4% de los pacientes y una proporción menor alcanzó tal atención. Tal información es similar a lo reportado por Oliveira, quién observó que solo el 12,6% de niños con PC habían sido evaluados por odontología a los 3 años de edad, y que la principal causa referida por los cuidadores era la falta de profesionales capacitados en el manejo de estos pacientes; aunque también podría deberse al desconocimiento de los cuidadores acerca de la importancia del diagnóstico temprano (21) .…”
Section: Consulta Externaunclassified
“…2 Nesse sentido, a movimentação descoordenada da musculatura facial pode comprometer a higienização bucal, realizada pelos cuidadores, ocasionando retenção prolongada de alimentos e dificuldade na manutenção da saúde bucal. [3][4][5] Pacientes com paralisia cerebral tem apresentado, então, maior risco de desenvolver cárie dentária e doença periodontal. [6][7][8] Outros fatores, como condições socioeconômicas, consistência líquida da dieta, osmolaridade salivar e maior grau de dano neurológico também podem constituir riscos para os problemas de saúde oral.…”
Section: Introductionunclassified
“…[6][7][8] Outros fatores, como condições socioeconômicas, consistência líquida da dieta, osmolaridade salivar e maior grau de dano neurológico também podem constituir riscos para os problemas de saúde oral. 3,9 Além disso, alterações estruturais na região orofacial, déficits neuromusculares e hábitos parafuncionais podem dar origem a diversos problemas dentários como má oclusão, salivação excessiva e bruxismo. 10 No entanto, essas relações não podem ser generalizadas e tendem a variar de acordo com o país ou região.…”
Section: Introductionunclassified